14 receitas paleolíticas para você fazer no Almoço

A dieta paleo tem se tornado cada vez mais popular entre quem deseja perder peso e manter uma vida saudável. Isso porque, além de extremamente eficaz, ela possui uma série de receitas paleolíticas, uma mais deliciosa do que a outra, para todos os tipos de gosto.

Mas antes de falar dessas receitas, vamos explicar o que é esse regime. Nesse método, a alimentação do praticante tem como base os hábitos alimentares dos homens das cavernas, que viveram durante a Era Paleolítica. Calma, não tem nada de carne crua no cardápio.

Basicamente, você irá priorizar as carnes, frutas cítricas, peixes, alguns vegetais legumes e tubérculos entre outros alimentos.  Estudos apontam que, além de ajudar a emagrecer mais rapidamente, a dieta paleo também ajuda a evitar uma série de doenças.

Você irá consumir o mínimo de carboidratos possível, o que irá interferir diretamente na velocidade do seu metabolismo. Antes de saber quais as receitas paleolíticas ideais para o seu almoço, confira como funciona esse regime que tem feito tanto sucesso.

Como Funciona a Dieta Paleo e quais as receitas paleolíticas mais indicadas para o almoço

Conforme dito acima, a dieta paleo tem como base a alimentação dos homens das cavernas da Era Paleolítica. Além disso, outro detalhe bem diferente desse método é que você não precisará fazer um controle muito rígido das porções, uma vez que o foco não é o racionamento.

Nesse regime, o importante não é o quanto você come, mas o que você ingere. Podemos resumir essa abordagem em uma única frase “comer de verdade”. Esqueça os lanchinhos rápidos como sanduíches e salgadinhos, o seu foco a partir de agora é se alimentar bem, com ênfase da proteína animal.

Atualmente, no ocidente, a proteína animal representa apenas 15% das calorias consumidas diariamente. Já no período paleolítico, quando os homens das cavernas caçavam animais e coletavam alimentos, sem ainda desenvolver a agricultura, esse índice era de 19-35%. Basicamente, a dieta paleolítica segue as seguintes regras.

  • Diminuir carboidratos: Esses nutrientes acabam fazendo com que o nosso metabolismo funcione de maneira mais lenta, por isso, nesse regime você irá diminuir a ingestão de carboidratos, e optar por alimentos que tenham baixo IG;
  • Alto consumo de fibras: Você começará a comer mais fibras, não aquelas presentes em grãos, mas sim, em legumes (cenoura, beterraba, abóbora), frutas (laranja, limão e abacaxi) e verduras (alface, couve e rúcula).
  • Aumento no consumo de gorduras: Nessa dieta, você também irá aumentar o consumo das chamadas gorduras mono e poli-insaturadas. Além disso, você também irá focar na ingestão de opções ricas em ômega 3 e 6.
  • Menos sódio e mais potássio: Apesar dos temperos serem extremamente usados nas receitas paleolíticas, você irá diminuir a quantidade de sódio e irá focar no consumo de potássio.
  • Nada de açúcar: Doces, chocolates, balas, esqueça qualquer produto que tenha açúcar industrial ou refinado. Os únicos alimentos que você comerá que terão açúcar são as frutas e alguns legumes, como a batata-doce.
  • Esqueça a comida processada: Lembre que o seu foco é ter como base os hábitos alimentares dos homens das cavernas, por conta disso, esqueça os salgadinhos, bolachas recheadas, refrigerantes e quaisquer outros alimentos processados.
  • Porções livres, sem contagem de calorias: Não se preocupe, você não precisará ficar calculando as calorias de cada refeição, nem racionar porções. Esse regime tem como foco um cardápio completo, ou seja, o que importa é o que você come e não o quanto.

Essas são as principais regras da dieta paleo. Tenha em mente que esse é um dos métodos mais fáceis de se colocar em prática no dia a dia. Isso porque, você não precisará racionar comida e passar fome. Tudo se resume em uma reeducação alimentar com ênfase nas proteínas, mas, sem esquecer dos outros nutrientes.

Se você quer emagrecer rápido (em semanas) com alimentação Paleo, recomendamos que Clique aqui e Conheça este Método Inteligente.

14 receitas paleolíticas para você fazer no Almoço

Como Fazer a Dieta Paleo

Começar a dieta paleo é extremamente simples. Isso porque você não precisará fazer muito esforço, basta substituir os alimentos processados pelas opções naturais e orgânicas. Ao invés das comidas prontas, na hora de ir ao mercado você irá comprar “comida de verdade”. Carnes, verduras, ovos, peixes, legumes, frutas e etc.

Além disso, você não precisa controlar as calorias nem os carboidratos. Isso porque, as proteínas animais são ricas em fibras, já as frutas, legumes e verduras possuem um baixo índice glicêmico. Dessa maneira, você não irá ter problemas para controlar.

Isso porque, esses nutrientes em conjunto diminuem a vontade de comer a todo momento, e estimulam a saciedade.  Basicamente, você se sentirá satisfeito por muito mais tempo e o seu próprio corpo irá se adaptar as novas demandas.

O ideal é que você comece a substituir os alimentos de forma gradativa. Dessa maneira, seu corpo poderá se acostumar ao novo cardápio sem sofrer. Se você diminuir os carboidratos de uma única vez, é provável que o seu organismo sofra alguns efeitos colaterais, como, por exemplo, tonturas e enjoos.

Quer receber uma tabela completa com alimentos que vão acelerar seu emagrecimento com a Dieta Paleo? ➤ Clique aqui e Conheça o Código Emagrecer de Vez.

Agora que você já sabe exatamente como a dieta paleo funciona, confira abaixo:

14 receitas paleolíticas que te deixarão com água na boca.

  1. Almôndegas ao vinho branco

Uma das receitas paleolíticas que você precisa fazer é a de almôndegas ao vinho branco. Simples e fácil, ela é ideal para um almoço individual ou para aquele encontro entre amigos. Para fazer as almôndegas você vai precisar de:

Ingredientes

  • 1 kg de carne moída (bovina, de preferência de uma proteína com mais gordura);
  • 3 dentes de alho (esmagados);
  • 1 cebola (picada);
  • 1 colher (sopa) de azeite;
  • 1 ovo;
  • 1 colher (sopa) de cominho (opcional);
  • 1 colher (sopa) de pimenta da Jamaica;
  • 1 colher (sopa) de sal;
  • 1 colher (sopa) de pimenta do reino;
  • Salsinha picada a gosto.

Já para preparar o molho você vai precisar de:

  • 500g de cebola;
  • 1 colher (sopa) de páprica;
  • 4 dentes de alho inteiros;
  • 300ml de vinho branco;
  • 4 folhas de louro;
  • 400 ml de caldo de galinha;
  • 1 colher (sopa) de cominho;
  • Sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:

A primeira coisa que você irá preparar são as almôndegas. Em uma vasilha, misture todos os ingredientes até obter uma textura consistente e homogênea e depois leve à geladeira. Ela deve ficar refrigerada por 24 horas. Após o tempo de descanso, retire a mistura e comece a fazer bolinhas do tamanho que achar melhor.

O próximo passo é aquecer uma frigideira com um pouco de óleo de coco para fritar as almôndegas. Assim que o óleo estiver bem quente frite as bolinhas e deixe reservado.

Para fazer o molho pegue uma panela de ferro e coloque um pouco de óleo de coco. Em seguida, descasque os alhos e deixe-os inteiros. O próximo passo é acrescentar o vinho e deixar ferver por alguns minutos. Acrescente o caldo de galinha e deixe a panela mais alguns minutos no fogo.

Em seguida, coloque todos os temperos e deixe dentro da mistura até que pegue gosto. Adicione as almôndegas que foram preparadas previamente e abaixe um pouco a temperatura do fogo. Deixe cozinhar por meia hora e então sirva a refeição em um prato fundo. Para dar um toque de chefe salpique ervas frescas em cima e sirva logo em seguida.14 receitas paleolíticas para você fazer no Almoço

Aprenda mais sobre Dieta Paleolítica e veja como aplicá-la no seu dia a dia. Clique aqui e conheça o melhor método de emagrecimento com Dieta Paleolítica do Brasil.

  1. Coxa de frango e batata-doce

A segunda opção de receitas paleolíticas para o seu almoço é a maravilhosa coxa de frango com batata-doce. Além de ser extremamente nutritiva, ela é ideal para atletas que fazem a dieta paleo e, ao mesmo tempo, mantém uma rotina de treinos de alto rendimento. Para fazer o frango você vai precisar de:

Ingredientes:

Frango

  • 6 coxas de frango;
  • 3 colheres (sopa) de azeite;
  • 3 dentes de alho esmagados;
  • Sal, Orégano, Cominho e pimenta do reino a gosto;
  • Sementes de sésamo (opcional);

Para preparar a batata doce você vai precisar de:

  • 2 batatas doces;
  • 4 colheres (sopa) de azeite;
  • 4 dentes de alho;
  • Orégano, Alecrim e Cebolinha a gosto.

Modo de preparo:

Para preparar esse prato você deve, primeiramente, colocar todos os temperos do frango em uma vasilha e adicionar as coxas. Deixe que elas fiquem marinando por cerca de duas horas.

Em seguida, ligue o forno e deixe-o aquecendo por 10 minutos em temperatura média (entre 200 e 230ºC). Coloque as coxas em uma travessa metálica forrada com papel manteiga.  Deixe assar por cerca de 45 minutos ou até que o frango fique com uma crostinha crocante por fora.

Agora chegou a hora de preparar a batata-doce. Em uma travessa corte todas as batatas em várias rodelas finas. Depois, acrescente todos os alhos, o azeite e os demais temperos. Coloque tudo em uma travessa metálica e leve ao forno por cerca de 40 minutos. Elas devem ficar macias por dentro e levemente crocantes por fora. Na hora de servir, use um prato raso.

  1. Ovos e bacon

Essa seria a combinação arroz com feijão da dieta paleo. Ambos os ingredientes são ricos em proteínas, que são a base desse regime. Um dos diferenciais dessa receita é que ela pode ser consumida tanto no almoço, como, também, em outras refeições principais. Você vai precisar de:

Ingredientes

  • 4 ovos;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • 1 tomate (picado);
  • 1/2 de uma cebola roxa (picada);
  • Folhagens mistas (alface, rúcula, espinafre entre outras)
  • Sementes de girassol;
  • Molho tahini;
  • Bacon não curado.

Modo de preparo:

Preparar essa receita é super fácil. Pegue uma frigideira e esquente sem colocar qualquer tipo de óleo. Em seguida coloque o bacon em tiras e frite até que elas fiquem bem crocantes e reserve. Coloque os tomates e a cebola na frigideira com um pouquinho de manteiga sem sal. Refogue por cerca de dois minutos ou até a cebola dourar.

O próximo passo é bater os ovos em uma vasilha e adicioná-los a frigideira com os tomates e cebola. Misture bem até obter uma boa consistência.  Torre as sementes de girassol no forno e depois deixe esfriar.  Por fim, misture as folhas mistas com o molho tahini e sirva tudo em um prato raso logo em seguida.

  1. Sopa de couve

E uma das receitas paleolíticas que mais faz sucesso durante o inverno é a sopa de couve. Além de extremamente nutritiva, ela é supre prática é uma excelente opção de almoço mais leve, ideal para dias frios.

Ingredientes:

  • 1 couve-flor;
  • 1 maço de couve finamente fatiada;
  • 3 abobrinhas;
  • 2 dentes de alho;
  • 1 cebola grande;
  • 1/2 molho de brócolis;
  • 1 couve-flor;
  • 1 fio de azeite;
  • 1 pitada de sal.

Modo de preparo:

Lave bem todas as verduras, de preferência, faça a higienização delas com água sanitária cerca de 24 horas antes de preparar a refeição. Após limpas, descasque a abobrinha e pique juntamente com a couve-flor e o brócolis. Misture tudo e coloque em uma panela com água e sal, deixe cozinhar por alguns minutos.

O próximo passo é cozinhar, separadamente, a couve, também em água com um pouco de sal. Assim que todos as verduras estiverem cozidas, e a água das panelas estiverem pela metade, junte as duas misturas e acrescente o azeite. Misture tudo até atingir uma consistência parecida com a de um purê e sirva logo em seguida.14 receitas paleolíticas para você fazer no Almoço

  1. Ovo cozido com aspargos, alecrim e linguiça

Outra excelente opção de receita paleo para quem deseja variar o cardápio é o ovo cozido com aspargos, alecrim e linguiça. Ela é prática, mas, ao mesmo tempo, sofisticada por conta de seus ingredientes. Confira abaixo como prepara-la.

Ingredientes:

  • 3 ovos;
  • 4 dentes de alho;
  • 1 colher (sopa) de manteiga (sem sal);
  • 500gde aspargos;
  • 1 pitada de alecrim fresco;
  • 2 linguiças;
  • 1 cebola roxa;
  • Páprica, Sal e Pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Primeiramente corte a cebola roxa em pequenos cubinhos e os aspargos em pedacinhos. Fatie o alho e coloque ele na frigideira, juntamente com a cebola. Acrescente sal e manteiga e deixe refogar por uns dois minutos.

Em seguida, acrescente a linguiça e mexa por mais alguns minutos. Adicione os aspargos em pedaços e mexa mais um pouco. Quando eles estiverem al dente, adicione os ovos e tempere a seu gosto. Após adicionar os ovos, não mexa mais a mistura.

Descubra como reprogramar seu metabolismo para queimar gordura com a Dieta Paleolítica Clique aqui e assista apresentação do Rodrigo Polesso, autoridade brasileira em Paleo.

  1. Ovos mexidos com ervas

Essa é uma das receitas paleolíticas indicadas para quem deseja fugir um pouco das carnes. Simples, ela precisa de poucos ingredientes e pode ser feita em poucos minutos.

Ingredientes:

  • 4 ovos;
  • 5 tomates cereja;
  • Cebolinha, Salsinha e Pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Em uma frigideira coloque a manteiga juntamente com a cebolinha bem picadinha. Acrescente os tomates picados e deixe refogar um pouco. Em seguida, coloque os ovos e a pimenta e misture bem. Sirva logo em seguida e acrescente a salsinha por cima do prato.

  1. Frango com erva-doce

O frango é uma opção constantemente presente nas receitas paleolíticas. Além de ser rico em proteínas, ele é uma carne com poucas gorduras e com vários outros nutrientes. Para dar um gostinho diferente, uma excelente opção é usar a erva-doce e outras especiarias. Confira:

Ingredientes:

  • 1 frango inteiro;
  • 2 bulbos de erva-doce (fatiados);
  • 6 colheres (sopa) de azeite;
  • 2 colheres (chá) de mostarda em grãos;
  • 1 colher (sopa) de folhas de tomilho;
  • 2 colheres (chá) de semente de erva doce;
  • Sal e Pimenta do reino a gosto;
  • 3 colheres (sopa) de suco de laranja espremido e 3 de suco de limão siciliano.

Modo de preparo:

A primeira coisa que você precisa fazer é preparar o molho para o frango. Em um recipiente, coloque o azeite e os sucos de laranja e limão, juntamente com o sal, a pimenta e a mostarda. Misture um pouco e reserve. Em seguida, corte em finas tiras e acrescente essa mistura.

Corte o frango em pedaços, acrescente o tomilho e as sementes de erva-doce e misture bem. Coloque tudo em uma vasilha e leve à geladeira por três horas. O ideal é fazer essa preparação com um dia de antecedência.

Ligue o forno e o deixe aquecendo em temperatura média (200 a 230ºC). Coloque o frango em uma assadeira, sem acrescentar o molho, e deixe de 30 a 40 minutos, até que o frango fique crocante por fora e macio por dentro.

Aqueça o molho em uma panela até reduzir. Coloque o frango em prato médio e acrescente o caldo por cima. Você pode enfeitar com uma salsinha e servir logo em seguida.

  1. Salada de couve-flor com nozes

Quem disse que essa dieta é feita apenas de receitas paleolíticas com carne? Você pode sim apostar nas saladas, desde que elas tenham alguns ingredientes específicos. Confira abaixo essa receita deliciosa.

Ingredientes:

  • 2 talos de aipo;
  • 40g de nozes;
  • 1 ramo de couve-flor;
  • 2 colheres (chá) de vinagre de vinho tinto;
  • 120g de salsinha picada;
  • 120g de sementes de romã;
  • Meia colher (chá) de canela;
  • 6 colheres (sopa) de azeite;
  • Meia colher (chá) de pimenta da Jamaica;
  • Meia colher (chá) de noz-moscada;
  • Sal e Pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo:

A primeira coisa que você precisa fazer é deixar o forno pré-aquecendo. Em seguida, adicione a couve-flor em uma travessa, tempere a gosto com azeite, sal e pimenta do reino e deixe no forno (em uma temperatura de 200ºC) até que ela fique levemente torrada e então retire do forno e reserve.

Depois diminua a temperatura do forno para 170°C e toste as nozes, retirando-as em seguida e reservando. Para finalizar, coloque a couve-flor e os demais ingredientes em uma travessa, tempere, e sirva em seguida.

  1. Kafta com pinoli e molho tahine

Que tal apostar nas receitas paleolíticas com uma influência árabe? O kafta é uma deliciosa opção para quem deseja um cardápio diferenciado para aquele almoço especial.

Ingredientes Kaftas:

  • 500g de carne de cordeiro moído;
  • 500g de carne de vaca moído;
  • 50g de pinolis torrados;
  • 1 cebola picada;
  • 2 dentes de alho esmagados;
  • 2 colheres (chá) de sal;
  • 1 pimenta malagueta inteira;
  • 5 colheres (sopa) de salsinha picada;
  • 2 colheres (chá) de pimenta do reino;
  • 2 colheres (chá) de páprica;
  • 1 colher (chá) de noz moscada;
  • 2 colheres (chá) de pó de canela.

Ingredientes do Molho tahini:

  • 200 gramas de pasta de sésamo;
  • 1 dente de alho esmagado;
  • 1 pitada de páprica;
  • 4 colheres de sopa de suco de limão siciliano;
  • 3 colheres de chá de azeite;
  • Sal a gosto;
  • 150 ml de água.

Modo de preparo:

Em uma vasilha, misture as carnes e os demais ingredientes e temperos da kafta. Use as mãos para incorporar bem os elementos. Deixe descansar por duas horas na geladeira e depois molde a mistura. O ideal é fazer tubos medianos, e depois achatá-los levemente.

Em uma panela, coloque o óleo e aqueça-o. Em seguida, frite as kaftas. Importante, fique de olho na fritura para que as carnes não passem do ponto e fiquem ressecadas. Após fritar tudo reserve em uma travessa metálica e cubra com papel alumínio

Pegue outra vasilha e adicione todos os ingredientes e temperos do molho. Mexa bem até que tudo fique bem incorporado e em seguida coloque tudo em uma panela, e leve ao fogo em temperatura mediana. Deixe ferver por 10 minutos, até que a misture fique mais encorpada.

Pegue um prato fundo e coloque o molho. Adicione as kaftas e acrescente os pinolis torrados, a páprica e a salsinha. Sirva logo em seguida para evitar o ressecamento da carne.

  1. Lombo de porco no forno

Essa é uma das receitas paleolíticas ideais para quem deseja fazer um almoço especial. Seja para receber convidados ou para uma refeição individual, essa é uma opção extremamente saborosa.

Ingredientes:

  • 1 kg de lombo de porco;
  • 200 ml de vinho branco;
  • 4 dentes de alho;
  • Azeite de oliva a gosto;
  • Coentro a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Tomilho a gosto;
  • Páprica a gosto.

Modo de preparo:

Misture o azeite o alho e os temperos em um recipiente até formar uma marinada. Em seguida, pegue uma travessa e use ela para temperar o lombo. O ideal é pegar um pincel com cerdas de silicone para facilitar o processo. Após temperado coloque o lombo em uma assadeira e leve ao forno a uma temperatura de 180ºC.

Importante, pré-aqueça o forno antes de colocar a carne. Deixe o lombo no forno por 45 minutos, ou, até a carne ficar bem macia. Em seguida, coloque o vinho junto com um pouquinho de azeite por cima e deixe por mais 10 minutos.

O ideal é servir esse prato em fatias.

  1. Lombo de bacalhau com erva doce assada

Essa é uma das receitas paleolíticas ideais para almoço, principalmente em datas como a Sexta-feira Santa, Natal e Ano Novo. O bacalhau além de ser rico em ômega três, é um peixe com altos índices de gorduras saudáveis e delicioso.

Ingredientes:

  • 1 lombo de bacalhau;
  • 4 dentes de alho;
  • 200 gramas de erva doce fresca;
  • Azeite, Sal e Pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo:

Pegue uma panela grande e encha de água até ferver. Coloque o bacalhau dentro e deixe cozinhar por cinco minutos em fogo brando. Caso você esteja usando bacalhau congelado deixe por 15 minutos.

Corte a erva-doce e tempere com o sal, pimenta do reino e azeite. Depois, coloque tudo em uma assadeira sobre uma folha de papel manteiga. Leve ao forno em temperatura média (200 a 230ºC) e deixe tostando por cerca de 20 minutos até que a erva-doce fique crocante.

O próximo passo é retirar o bacalhau do fogo. Se livre d’água e em seguida coloque o peixe em uma assadeira. Acrescente um pouco de azeite e o alho e leve ao forno por 30 minutos em temperatura média. Sirva logo em seguida com os chips de erva doce.

  1. Salmão grelhado com alho poró refogado

Se você quer uma opção mais sofisticada para o seu almoço, esse salmão é uma excelente alternativa. Assim como o bacalhau ele é rico em ômega três e uma série de outros nutrientes que são a base da dieta paleo. Ele é ideal para aquele almoço em família ou com os amigos.

Ingredientes:

  • 1 kg de alho-poró;
  • Azeite a gosto;
  • Sal e pimenta do reino a gosto;
  • 1 peça de salmão médio;
  • 1 dente de alho;

Modo de preparo:

Pegue o alho poró e corte a parte branca em rodelas bem finas. Lave bem e coloque em uma frigideira com um pouco de azeite. Refogue tudo em fogo médio até o alho ficar levemente tostado.

Em uma outra frigideira, coloque um pouco de azeite e grelhe o salmão. O ideal é deixar ele no fogo até que ele comece a ganhar uma leve cor dourada. Em seguida, acrescente o tostado de alho poró e continue com o salmão na frigideira. Deixe ele nela até que atinja o ponto correto. Sirva logo em seguida.

  1. Vieiras com cogumelos Portobello

Essa é uma das receitas paleolíticas sofisticadas perfeitas para ocasiões especiais. Apesar de usar ingredientes mais sofisticados, ela tem um preparo super fácil, ideal para aquele almoço com os amigos ou família. Você vai precisar de:

Ingredientes:

  • 3 vieiras;
  • 1 cogumelo Portobello;
  • 1 cabeça de alface;
  • Limão siciliano;
  • Sal, Pimenta do reino e Azeite de oliva a gosto.

Modo de preparo:

Coloque um pouco de óleo em uma frigideira e depois adicione os cogumelos. Tempere com sal e pimenta do reino e deixe grelhando por sete minutos ou até dourar levemente os cogumelos, e deixe reservado. Em seguida, coloque as folhas de alface em um prato e acrescente os cogumelos por cima. Reserve.

Pegue outra frigideira e coloque um pouco de azeite, adicione as vieiras e tempere com a pimenta do reino o sal e o limão siciliano. Deixe grelhando por dois minutos, vire as vieiras, e deixe por mais dois minutos.

Preste muita atenção, pois as vieiras chegam ao ponto rapidamente, o ideal é deixa-las quase cruas. Para finalizar, coloque as vieiras sobre os cogumelos e sirva logo em seguida.

  1. Receita Paleo de Polvo assado no forno

A última das receitas paleolíticas que nós vamos te indicar é uma extremamente sofisticada. O polvo é uma opção que muitas pessoas acabam não incluindo na dieta por desconhecerem suas propriedades nutritivas, mas ele é uma ótima alternativa. Confira abaixo como preparar esse prato delicioso.

Ingredientes:

  • 2 ou 3 polvos grandes;
  • Alho a gosto;
  • 1 cebola;
  • Coentro e Azeite de oliva a gosto.

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque um pouco de azeite e refogue as cebolas levemente. Acrescente um litro de água e deixe ferver. Em seguida, coloque os polvos e deixe cozinhar até ficar bem macio. Eles devem esfriar dentro da própria panela. Para acelerar o processo você pode usar uma panela de pressão.

Depois que o polvo esfriar, retire da panela e comece a cortá-lo em pedaços. Coloque tudo em uma assadeira e acrescente o coentro, o alho e o azeite. Leve ao forno em temperatura média (200 a 230ºC) por cerca de 30 minutos. Retire e sirva logo em seguida para que o polvo não endureça.

Uma boa dica para acompanhar esse prato é fazer uma salada de couve ou outra folhagem de sua preferência.

Dicas rápidas para você seguir a dieta paleolítica

Agora que você já conferiu essas 14 receitas paleolíticas incríveis, vamos repassar algumas dicas sobre a dieta paleo. Cada uma delas ajudará você a se lembrar das regrinhas básicas desse regime.

  • Não passe fome: Esqueça as três refeições por dia, como sempre que tiver fome. Mas lembre-se, suas refeições devem ter foco nas proteínas de origem biológica.
  • Carboidratos de vegetais: Ao invés de comer pães e massas, aposte em alimentos com carboidratos naturais, como, por exemplo, o inhame e a batata doce.
  • Esqueça o açúcar refinado: nada de comer balas, doces e outros produtos com açúcares refinados. Aposte em frutas e vegetais, além de nutritivos, eles possuem um açúcar natural que é bem menos prejudicial do que os refinados.
  • Corte os cereais e grãos: Lembre-se, o seu foco é consumir proteínas e fibras de produtos com origem animal. Por isso, diminua drasticamente o consumo de alimentos como milho, arroz, feijão, além de grãos como a soja.

Com essas dicas fáceis, juntamente com as receitas paleolíticas, com toda a certeza você irá conseguir colocar esse regime que tem conquistado cada vez mais adeptos. Lembre-se, você não precisa passar fome para perder peso, tudo que é necessário é passar por uma reeducação alimentar e mudar seus hábitos alimentares.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Você Precisa Emagrecer?
Dieta para emagrecer em 7 dias: passo a passo
  • Perca até 5kg em 7 dias
  • Cardápio para os 7 dias
  • Receitas fáceis com passo a passo
Dieta para emagrecer em 7 dias: passo a passo

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber O Cardápio da dieta grátis em seu e-mail!