Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Abdominais Criam Músculos, Não Queimam Gordura!

Muitas pessoas acreditam que fazer exercícios abdominais ajuda a queimar gordura localizada e promove a perda de peso. Por isso, elas acabam por praticar diversas repetições com o objetivo de perder a barriguinha extra. Para esclarecer as dúvidas e os mitos em relação ao treinamento abdominal, é preciso compreender a função deste tipo de exercício e da musculatura da região.

A musculatura do abdômen possui três principais funções a serem trabalhadas por meio de exercícios. Sendo elas: a estabilização, que a principal função é ajudar na prevenção de lesões na coluna. Esta proteção é fundamental pelo ser humano utilizar essas musculaturas ao longo do dia, seja em posição sentada ou em qualquer outra atividade.

Entre os exercícios característicos para a estabilização estão as pranchas e os funcionais. A rotação pode ser trabalhada em basicamente qualquer atividade diária, sendo a capacidade de anti-rotação também muito importante, pois trabalha toda a musculatura abdominal com pouco impacto e reduzida pressão na coluna.

Já a flexão de tronco é a função mais comumente trabalhada em exercícios e séries de academias, por meio de abdominais infra e supra oblíquo. Mas então, o abdominal auxilia na perda de peso e na queima de gordura? A resposta é negativa. Os exercícios abdominais não ajudam na perda de peso e na queima de gordura, não ajudando a perder a gordura localizada.

Ebook 101 dicas para perder a barriga

Ebook 101 dicas para perder a barriga

No entanto, não é por este motivo que os exercícios de fortalecimento da musculatura do abdômen deixam de ser importantes no processo de perda de peso e definição muscular. O que os exercícios abdominais fazem é tonificar e fortalecer a região abdominal, gerando um bom resultado estético para o abdômen, que fica definido desde que a capa de gordura não seja grande.

Conciliar o treinamento abdominal com exercícios aeróbios e de musculação é a melhor maneira de conseguir resultados no processo de perda de peso. É importante lembrar que não é preciso fazer muitos abdominais diários, sendo ideal de três a quatro séries com cerca de dois movimentos, com doze a vinte repetições.

O abdômen é um músculo como qualquer outro do corpo, devendo receber a atenção devida na rotina de treino. Esta região deve ser trabalhada como qualquer outro grupo muscular, com séries específicas. Os abdominais ajudam no fortalecimento da região abdominal, mas é um mito achar que os exercícios para a região ajudam na perda de peso.

O que queima gordura e é essencial para o processo de perda de peso são os exercícios aeróbicos como corridas, caminhadas ou pedalar. São estes grupos de atividades citadas acima que têm a função de perda de peso e eliminação de gordura, além de promover outros benefícios como a melhora da capacidade cardiorrespiratória, diminuição dos triglicerídeos e do colesterol ruim (LDL).

Se o objetivo é a queima de gordura, promovendo a perda de peso, o mais seguro é a realização de uma atividade aeróbica. Por isso, em vez de realizar várias repetições de abdominais, correndo risco de fadigar e lesionar a musculatura, o ideal é a prática frequente de atividades aeróbicas para a perda de peso.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.