Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Abdominoplastia a plastica do abdomem

Recorrer às cirurgias plásticas para conseguir o corpo tão desejado é uma prática cada vez mais comum. Tanto mulheres quanto homens tem um ideal de corpo perfeito, que muitas vezes somente com alimentação balanceada e exercícios físicos não podem ser alcançados. Uma das cirurgias mais procuradas é a abdominoplastia, aquela que garante uma barriga chapada. Mas será que você sabe tudo que envolve essa cirurgia?

A barriga perfeita com a abdominoplastia

A abdominoplastia, que também pode ser chamada de dermolipectomia, é uma cirurgia plástica que remove o excesso de pele, um pouco da gordura localizada e devolve a firmeza dos músculos da região do abdômen, deixando a barriga mais lisa e tonificada. Além disso, a cirurgia também retira as estrias da barriga. Porém, o que muitas pessoas não sabem e às vezes acabam confundindo, é que a abdominoplastia não é uma cirurgia para emagrecer, mas apenas para remodelar o abdômen. Portanto, se a pessoa deseja uma cirurgia também para a retirada de gordura localizada, poderá combinar a abdominoplastia com uma lipoaspiração.

Geralmente quem mais procura por esta cirurgia são mulheres que engravidaram mais de uma vez, pois a gravidez contribui para que a pele no local do abdômen fique frouxa, com depósitos de gordura e marcas de distensão. Porém até mesmo pessoas que perderam muito peso podem ficar com a pele extremamente flácida nessa região, e o abdômen agora ficou com um tamanho desproporcional ao resto do corpo.

abdominoplastia

As pessoas que desejam fazer esta cirurgia não podem optar por ela como um tratamento para a obesidade, ou querendo que o procedimento substitua uma alimentação balanceada e prática de exercícios físicos. Os pacientes da abdominoplastia precisam ser saudáveis e estar relativamente em forma, pois se eles possuírem a musculatura da parede abdominal muito fraca, a costura feita durante a cirurgia pode ficar comprometida. Mulheres que pensem em fazer este procedimento devem considerá-lo quando já não quiserem mais engravidar, pois uma futura gestação ou um grande ganho de peso pode comprometer a eficácia da cirurgia.

Como é o procedimento da abdominoplastia

Primeiramente, o cirurgião irá avaliar o abdômen do paciente e verificar a quantidade e a localização dos acúmulos de gordura. Na maioria das vezes a abdominoplastia pede duas incisões. A primeira é na horizontal, logo acima dos pelos pubianos que vai até próximo dos quadris, levemente curvada para cima. O quanto essa incisão irá se estender e sua forma irão variar de acordo com a pele que será removida. Já a segunda incisão é realizada na vertical, terminando ao redor do umbigo, por onde os excessos de pele da parte superior do abdômen se separam das partes profundas. Assim os músculos do abdômen serão suturados para que fiquem mais rígidos, criando uma barriga mais plana e uma cintura mais definida. A pele excedente será esticada para baixo e será removida. Após isso é feito um orifício para recolocar o umbigo.

abdominoplastia

Depois da cirurgia, o médico coloca drenos de aspiração no abdômen. Isso é feito para impedir que se acumulem líquidos nesta região. Os drenos são postos na parte inferior da barriga, próximo ao púbis, e isso permite que a cicatriz da cirurgia seja disfarçada entre os pelos pubianos.

O paciente poderá ser liberado para ir para casa ainda com os drenos, que são fáceis de manusear. A pessoa só irá sentir um pouco de dor na hora de retirar os drenos, que podem ser removidos na clínica do cirurgião plástico. Após isso, as incisões podem ser totalmente fechadas em somente uma sutura na linha da região púbica e outra dentro do umbigo. Depois são feitos curativos.

Preparação para a cirurgia

O tempo que uma abdominoplastia pode levar depende da extensão de tecido que irá precisar ser removido ou ainda a necessidade de fazer procedimentos adicionais, como uma lipoaspiração, por exemplo. Porém, a maioria das abdominoplastias dura cerca de duas a cinco horas. Antes de começar o procedimento, a área que será tratada deverá ser limpa e linhas de incisão serão desenhadas. Para procedimentos mais complexos, que precisem de remoção de grandes quantias de tecido, ou então cirurgias com associação de outros procedimentos, os médicos usam anestesia geral. Já em outros procedimentos mais simples pode ser feita a anestesia local e sedação, que deixa o paciente mais confortável.

Antes de fazer a abdominoplastia o paciente deve fazer todos os exames de laboratório que foram solicitados pelo médico, além de suspender o uso de qualquer medicamento anticoagulantes, e não deve fumar ou consumir bebida alcoólica. Se a pessoa que vai fazer a cirurgia utiliza algum tipo de medicamento deve informar ao seu médico qual é o remédio usado e por quanto tempo faz o uso. Além de todos esses cuidados, o paciente deve fazer jejum oito horas antes da cirurgia. Caso tenha uma gripe ou mal estar, a pessoa deve avisar seu médico.

Cuidados necessários depois da abdominoplastia

Toda cirurgia requer cuidados após ser feita, e com este procedimento não é diferente. Portanto, se está pensando em fazer uma abdominoplastia preste atenção no que terá que fazer após a cirurgia.

Após, no mínimo, 35 dias a pessoa precisa usar uma malha compressora. Além disso, o paciente deve evitar fazer esforços físicos, como carregar peso e precisa ficar em uma postura levemente curvada nos primeiros quinze dias. Dentro de casa, o paciente irá precisar da ajuda de alguém para caminhar e deve evitar subir e descer escadas.

A pessoa só poderá dirigir e usar roupas apertadas após a liberação do médico. O paciente também precisa ter cuidado pra se sentar e não esticar demais o tronco, não se curvando demais para a frente. Além disso, outro cuidado que deve ser tomado é com relação ao sol. O paciente que acaba de fazer essa cirurgia não pode se expor muito aos raios solares, deve ter cuidado com o calor e não deve fazer compressas quentes onde está a sutura. Todas as orientações devem ser seguidas à risca até o médico liberar a volta à vida normal para que a cirurgia tenha o melhor efeito possível.

Durante esse período de pós-operatório, o médico poderá ainda solicitar que o paciente tome analgésicos caso sinta dor, prescrevendo-os. Porém, é normal que a pessoa que fez a cirurgia sinta-se incomodada durante os primeiros dias, mas com o tempo o incômodo vai passando.

Recomendados Para Você:

1 Comentário

  1. Parabéns pelo texto ficou ótimo e as fotos também. São informações importantes para quem deseja realizar uma cirurgia plástica de qualidade, lembrar sempre que cirurgia plástica é com o cirurgião plástico. Um abraço Dr.Ricardo Souza Lima http://www.ricardoplastica.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.