Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Anemia

Anemia: entenda esta doença.

Anemia é causada pela falta de nutrientes importantes no organismo.

Anemia Ferropriva é a mais comum, causada pela ausência de ferro no corpo.

A anemia é caracterizada, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), como a doença em que a quantidade de hemoglobina presente no sangue está abaixo do ideal devido à falta de um ou mais nutrientes importantes para o nosso organismo. Entre estes nutrientes estão as proteínas, a vitamina B12, o ferro e o zinco. A anemia ferropriva, aquela provocada pela falta de ferro, é mais normal que as outras. Estimativas indicam que, aproximadamente, 90% das anemias têm esta origem. O ferro é muito importante para o bom funcionamento do nosso corpo, pois ele ajuda no transporte de oxigênio entre as células e na fabricação das células vermelhas que compõem o sangue. Os grupos mais comuns de apresentarem anemia são as mulheres em fase de reprodução, garotas adolescentes, mulheres em fase de amamentação, gestantes e crianças. Mesmo assim, a doença também atinge homens e idosos com frequência.

Entre os principais sintomas da anemia estão a apatia, principalmente em crianças, dificuldades de concentração e aprendizagem, diminuição na disposição para trabalhar e outras atividades, palidez nas mucosas, como gengiva e parte de dentro do olho, e na pele, perda de apetite e cansaço generalizado. Com o surgimento destes sintomas, recomenda-se procurar um médico para o diagnóstico da anemia. Este diagnóstico é feito por meio de exames de laboratório em que são medidos os níveis de hemoglobina no corpo.

Tratamento para Anemia

O tratamento da anemia consiste, principalmente, em elevar os níveis de ferro no organismo. Este nutriente pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal e animal. É importante destacar que o ferro de origem animal é mais bem aproveitado pelo nosso corpo. Entre as principais fontes de ferro estão os mariscos crus, carnes de peixe e aves, e carnes vermelhas, com destaque para o coração, o rim e o fígado dos animais. Hoje em dia é possível encontrar nos mercados leites enriquecidos com ferro, que contribuem na prevenção e no combate da anemia.

Se você prefere comidas de origem vegetal, boas opções são os folhosos verde escuros, como cheiro verde, couve e agrião, as leguminosas, como a lentilha, ervilha, grão de bico e feijão, e os grãos integrais, como castanha e nozes. Outra dica são os alimentos enriquecidos com este nutriente, como cereais matinais e farinhos de milho e trigo. No tratamento da anemia, o ácido ascórbico, que pode ser encontrado em frutas cítricas, contribui para melhorar a absorção do ferro. Para combater e tratar a anemia em crianças pequenas, recomenda-se o leite materno, que possui elevados níveis de ferro.

Algumas recomendações são importantes para evitar a doença, como seguir uma alimentação balanceada, variada e saudável, e para diagnosticar cedo o problema, como unhas descoloridas e gengivas esbranquiçadas. O pinhão também é um alimento rico em ferro que ajuda no combate a esta doença. O pistache possui valores nutricionais parecidos com os do pinhão, mas é mais rico em proteínas e apresenta menos gordura, sendo indicado principalmente para esportistas. Outra recomendação interessante é a ingestão de suco de limão, uma vez que esta fruta é rica em vitamina C, que ajuda na assimilação do ferro presente nos alimentos.

Uma última dica é tomar todos os dias banhos de sol, pois ele contribui na fixação dos minerais pelo nosso corpo. O ideal é que estes momentos aconteçam no final da tarde ou bem cedo pela manhã. Fique de olho nestas recomendações e nos possíveis sintomas desta doença para cuidar da sua prevenção e, se necessário, procurar ajuda de um médico assim que os primeiros sinais aparecerem.

Anemia Falciforme

Outro tipo de anemia é aquela caracterizada pela mudança nos glóbulos vermelhos, quando eles têm a forma de uma foice. A anemia falciforme é hereditária e acomete mais os negros. Porém, com a grande miscigenação no Brasil, ela também atinge pessoas de origem parda ou branca. Os sintomas da anemia falciforme podem atingir os doentes de diferentes maneiras. Em alguns ela aparece de forma leve. Entre estes sintomas estão dores nas articulações e nos ossos, com crises que podem acontecer em diversos momentos no ano, geralmente ligadas ao clima, problemas emocionais, desidratação ou gravidez.

O sinal mais comum desta enfermidade é a icterícia, caracterizada pela cor amarela na pele e nos olhos. É preciso cuidar para não confundir este sintoma com hepatite. Os pacientes com este tipo de anemia são mais propensos a infecções, em especial as crianças que podem desenvolver meningites. A partir da adolescência, é comum aparecerem úlceras de perna perto dos tornozelos. Para evitar este sintoma é fundamental o uso de sapatos e meias grossas.

anemia

anemia

Para diagnosticar a anemia falciforme deve-se realizar exame de laboratório especial, mas esta doença também pode ser indicada no teste do pezinho, realizado logo após o nascimento do bebê. Não existe um tratamento para este tipo de anemia, pois ainda não foi encontrada uma cura para o problema. Estes pacientes têm que realizar um acompanhamento constante com profissionais para o controle das crises de dor, a prevenção de possíveis infecções e para manter os tecidos bem oxigenados. Em um pequeno número de casos, a realização de um transplante de medula pode trazer a cura. Mesmo assim, nos últimos anos, os especialistas fizeram novas descobertas a respeito da anemia falciforme e sabem as suas causas, como cuidar dos sintomas e como ela prejudica o organismo. Assim, estes pacientes podem levar uma vida mais longa graças a estas evoluções no tratamento.

Para os pacientes com anemia falciforme, recomenda-se procurar na hora um médico em casos de crise de dor, pois apenas ele pode avaliar a necessidade de internar a pessoa. A anemia falciforme pode provocar alterações oculares e é muito importante que estes pacientes tenham consultas regulares com oftalmologistas.

Independente do tipo de anemia, é fundamental procurar ajuda de um médico assim que aparecerem os primeiros sintomas. Quando antes for realizado o diagnóstico da anemia, maiores as chances de sucesso no tratamento e do paciente levar uma vida normal.

Novo → Receitas para diabéticos e hipertensos

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.