Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Castanha-do-pará protege o cérebro de doenças neurodegenerativas

A castanha-do-pará, além de ser um alimento saboroso e que pode fazer parte de diversas receitas, entre doce e salgado, ainda trata-se de um dos alimentos que mais fazem bem à saúde. A castanha-do-pará contém diversas substâncias, como o selênio, que auxilia a regular os hormônios da tireoide, protege o organismo dos radicais livres com a função antioxidante, e, sobretudo, a castanha-do-pará protege o cérebro de doenças neurodegenerativas, como o Mal de Alzheimer, por preservar as células do cérebro. Ou seja, a castanha-do-pará faz parte de uma alimentação nutritiva, promovendo diversas vantagens para o organismo humano e saúde.

De acordo com as pesquisas feitas com a castanha-do-pará, apenas uma unidade é o suficiente para as medidas de consumo indicado. Perante este fator, deve-se estar atento, também, para não exceder no consumo de castanha-do-pará, pois o selênio, substância presente no alimento, em exagero pode intoxicar o organismo. No entanto, o exagero só se caracteriza se a pessoa consumir muita castanha-do-pará todos os dias. O zinco também está presente e é mais uma das substâncias que podem promover benefícios à saúde, já que é responsável pela produção dos glóbulos brancos, auxilia no controle da pressão arterial e reduz o estresse, entre outros fatores benéficos para a saúde.

Castanha do pará

Castanha do pará

Outra substância que faz parte da estrutura alimentar da castanha-do-pará é o potássio, que fortifica os ossos e promove o desenvolvimento dos músculos. Além disso, a castanha-do-pará também é responsável por auxiliar pessoas que desejam o emagrecimento sem prejudicar a saúde, pois com suas características antioxidantes o alimento é capaz de interagir para promover o metabolismo e limpeza do organismo, além de a castanha-do-pará causar o efeito de sensação prolongada, essencial para que a pessoa adote uma dieta que não a faça passar fome ou qualquer tipo de malefício à saúde.

O principal estudo acerca da castanha-do-pará, atualmente, está voltado para as características que se referem à saúde do cérebro. De acordo com os cientistas e pesquisadores da castanha-do-pará, os radicais livres que ela combate é o que faz com que o cérebro possa funcionar melhor, já que são esses radicais livres que prejudicam a saúde, principalmente, dos idosos, que já não têm um sistema de imunidade que funciona de forma completa como a de indivíduos mais jovens.

Portanto, a castanha-do-pará está entre os alimentos que mais podem auxiliar na saúde de todas as pessoas, mas, especialmente, na saúde dos idosos, que necessitam de alimentos mais nutritivos, fontes de vitamina e que promovem diversas funções benéficas no organismo. Os radicais livres combatidos pela castanha-do-pará são os responsáveis pelo envelhecimento precoce e ocasionam diversos malefícios à saúde, que podem ser combatidos com o consumo da castanha-do-pará, rica em selênio e vitamina E – esta última auxilia no processo de rejuvenescimento. Sendo também fonte de cálcio e magnésio, a castanha-do-pará é capaz de ajudar na prevenção de doenças, como osteoporose e osteoponia, e deve fazer parte do cardápio saudável.

Pesquisas semelhantes

  • castanha para o cerebro

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.