Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Cirurgias de redução de estômago

As cirurgias de redução de estômago fazem parte do programa que incentiva o combate à obesidade no Brasil, problema que já afeta quase metade da população do país. Pesquisas mostraram que os homens são quem mais sofrem com o excesso de gordura, enquanto as mulheres possuem uma taxa menor e, consequente, são as que menos realizam o processo de redução de estômago. A cirurgia de redução de estômago revolucionou a forma de tratar o sério problema de saúde, que é a obesidade. Antes, podia realizar o procedimento de redução de estômago indivíduos com 18 anos ou mais, porém, o Ministério da Saúde reduziu a idade mínima para 16 em relação ao atendimento do SUS.

Com certeza você já ouviu falar das cirurgias de redução de estômago. No entanto, sobram dúvidas em relação ao procedimento e a forma de como lidar com a saúde desse público, que, cada vez mais, faz parte da população que sofrem de problemas sérios de saúde e acabam por morrer. Atualmente, existem quatro técnicas diferentes para a redução de estômago, enquanto alguns recursos são mais invasivos, já existem outras cirurgias de redução de estômago das quais a invasão é bem menor e a recuperação mais rápida. Tudo depende do estado de saúde e nível de obesidade do paciente.

Quem pode fazer a redução de estômago?

Para que um paciente possa realizar a redução de estômago, o procedimento é baseado em quatro fatores diferentes, sendo o nível de obesidade, o tempo de evolução da doença, as tentativas anteriores de tratamento da saúde e a presença de doenças associadas. Se o médico julgar que o seu caso oferece inúmeros riscos para a sua saúde, a partir desses fatores, então o procedimento de redução de estômago é aprovado.

Qual técnica de redução de estômago utilizar?

Cirurgias de redução de estômago

Cirurgias de redução de estômago

Como dito acima, existem quatro técnicas diferentes para a redução de estômago. No entanto, a escolha pelo método depende muito das condições de saúde do paciente. O médico saberá avaliar qual o melhor procedimento para o tratamento da obesidade e das possíveis doenças associadas, como a diabetes, sem oferecer grandes riscos ao paciente. Quando um paciente precisa perder muito peso, por exemplo, ele deverá ser submetido ao tipo de cirurgia de redução de estômago mais invasiva, já que ela resulta em uma perda maior da porcentagem do peso. Se esse paciente for idoso, no entanto, o médico poderá optar por um procedimento menos invasivo para não colocar a saúde do indivíduo em risco. Dessa forma, é seguro dizer que a redução de estômago depende de várias características sobre quem será operado.

Qual tipo de cirurgia de redução de estômago é mais invasiva?

O procedimento de redução de estômago intitulado de Gastrectomia Vertical inclui, corte, uso de grampos e sutura. Porém, o procedimento de redução de estômago mais invasivo, ainda é a cirurgia bariátrica com Bypass Gástrico, que promove a redução de estômago e também cria um desvio no intestino do operado. Na cirurgia com Derivação Bileopancreática, a invasão é ainda maior, já que o desvio do intestino é maior do que na opção interior.

Qual tipo de cirurgia de redução de estômago é menos invasiva?

A cirurgia bariátrica com Banda Gástrica ajustável se trata de um procedimento simples. Porém, é o tipo de cirurgia de redução de estômago que estimula a menor perda de peso em prol da saúde.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.