Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Como funciona a Técnica Alexander

A técnica Alexander tem como principal intuito uma reeducação principalmente da coordenação do corpo, que é realizada por meio de princípios tanto psicológicos como físicos. A técnica tem como base ensinar o corpo e a mente para que trabalhem juntos na realização das principais tarefas do nosso dia a dia, o que aumenta o nosso próprio desempenho em cada uma delas.

Uma das principais metas da técnica Alexander é fazer com que seja possível detectar com maior facilidade a tensão (que pode ser proporcionada pelo próprio estresse diário) tanto em nosso corpo como na mente, reduzindo-a ao máximo em busca de maior bem-estar físico e emocional.

A técnica Alexander certamente atende com uma demanda existente em quase todos nós: a vontade de viver com muito menos esforço de um lado, mas com maior liberdade por outro – tanto de movimentação como também dos próprios pensamentos, que muitas vezes, se limitam a coisas do trabalho ou estresses do dia a dia.

Esse método de reeducação é realizado de forma prática e bem simples, sendo ele já aplicado há mais de 100 anos e com presença em todos os continentes do mundo. Vale destacar que a técnica Alexander não se trata de um tratamento, mas sim, um conjunto de métodos eficazes e capazes de promover o relaxamento, a melhora da expressão corporal e a própria massagem.

Técnica Alexander

Essa prática também auxilia na melhora do nosso equilíbrio e dos reflexos naturais do nosso organismo. Sendo assim, os benefícios da técnica de Alexander não se limitam: eles auxiliam na prevenção de problemas de postura, acabam com as dores musculares, proporcionam uma liberdade muito maior para movimentação, aperfeiçoam a coordenação motora e até mesmo na nossa respiração, que fica muito mais livre graças a esse bem-estar mútuo: tanto para a mente como para o corpo.

E as pesquisas comprovam

Um estudo realizado no ano de 2008 foi essencial para tornar a técnica de Alexander ainda mais conhecida. A pesquisa foi desenvolvida por médicos ingleses e foi publicada no renomado British Medical Journal, provando que os métodos utilizados pela técnica foram fundamentais para promover benefícios a longo prazo para os indivíduos que tem doenças crônicas de dores nas costas. O resultado foi incrível: houve uma melhora na qualidade de vida de todos os participantes do estudo, que tiveram uma redução drástica no número de dias sentindo dores.

Algumas curiosidades sobre a Técnica Alexander

A técnica Alexander ganhou o nome de seu fundador: Frederick Matthias Alexander, que foi o primeiro a desenvolver métodos para a sua aplicação entre os anos de 1890 e 1900. A princípio, a técnica foi desenvolvida como uma forma de aliviar tanto a rouquidão como também a própria dor. Ele foi o único a ensinar suas técnicas por cerca de 30 anos, quando abriu a primeira escola para formar outros profissionais especializados na técnica Alexander. Nos dias de hoje, os professores precisam passar por um curso de 1600 horas aula, que é realizado em três anos completos.

A técnica Alexander é passada para os pacientes por meio de aulas, com uma combinação tanto de instruções verbais como também por meio do toque do professor, que faz com que o aluno se posicione corretamente para receber a técnica.

As aulas duram entre 30 a até 60 minutos, e o mais interessante delas é que os alunos deixam de lado hábitos já impregnados para apostar em novas reações, encontrando métodos mais eficazes até mesmo para a realização de simples tarefas como andar, sentar ou respirar.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.