Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Como funciona o sistema imunológico?

O sistema imunológico é um dos muitos mecanismos presentes no nosso organismo de fundamental importância para a manutenção da saúde, aliás, pode-se dizer que, praticamente, é o principal objetivo! No cotidiano, o corpo humano pode ser invadido por milhares de agentes que podem prejudicar a saúde, de forma mais ou menos grave. E é justamente para combater esses agentes que existe o sistema imunológico.

Agir contra vírus, bactérias, parasitas e outros micro-organismos é a tarefa do sistema imunológico. Perceba que quando um ser vivo morre, pouco tempo depois esses parasitas começam dar sinais de sua presença. Isso acontece exatamente porque a morte faz com que o sistema imunológico seja desativado. O sistema imunológico pode ser chamado também de sistema imune ou imunitário e é formado pelas células, tecidos e órgãos que atuam na proteção da nossa saúde e do nosso corpo.

A unidade mais básica para entender o funcionamento de qualquer sistema e a sua importância na nossa saúde é a célula. No caso do sistema imunológico, existem dois grandes grupos de células: os linfócitos e os macrófagos, ambos com a função de defender o organismo. É interessante citar que os macrófagos realizam o processo de fagocitose, ou seja, englobam e digerem os agentes invasores. Já como exemplo de linfócitos, nós temos os leucócitos, famosos glóbulos brancos presentes na corrente sanguínea.

sistema imunológico

sistema imunológico

Quando as células se unem, elas formam os órgãos do sistema imunológico, que se subdividem em órgãos imunitários primários e órgãos imunitários secundários. Entre os órgãos primários do sistema imunológico, nós temos a medula óssea (que produz as células do sangue, inclusive os leucócitos) e o timo (que produz linfócitos T já com a maturidade necessária). Já os órgãos secundários do sistema imunológico correspondem aos linfonodos, tonsilas, baço (filtro do sangue), adenoides e apêndice cecal.
Portanto, é esse conjunto de órgãos que compõem o sistema imunológico.

É importante ressaltar que essas células e órgãos do sistema imunológico humano atuam em conjunto, como em qualquer outro sistema do organismo. Em linhas gerais, o trabalho do sistema imunológico é contínuo, mas quando um agente estranho entra no organismo, há uma intensa atividade desses órgãos para que tal agente possa ser eliminado sem prejudicar a saúde o mais rápido possível.

Outro conceito importante em relação à saúde quando falamos em sistema imunológico é a chamada memória imunitária, produzida por alguns dos nossos linfócitos. Dentro dessa memória é que são produzidos os famosos anticorpos responsáveis pelos antígenos. É por isso que algumas doenças, como a catapora e o sarampo, não acometem a mesma pessoa mais de uma vez, pois na primeira, os anticorpos já foram produzidos. É também dessa forma que as vacinas funcionam, por meio da injeção de um determinado antígeno

O sistema imunológico é ainda muito mais completo e mais fundamental para a saúde, mas com essa breve explicação, já foi possível ter uma pequena noção do quanto ele é fascinante e importante. É por isso que problemas no sistema imunológicos são combatidos rapidamente, pois o corpo inteiro pode ser afetado.

Recomendados Para Você:

8 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.