Depressão melancólica características e tratamentos

Você deve saber o que é depressão, ou ao menos, já deve ter ouvido falar de algum caso aqui ou lá. Mas, muito dificilmente deve saber que existem vários diagnósticos dessa doença, alguns mais graves que outros, mais intensos que outros, e por aí vai. E é exatamente por conta disso que nesses artigos mostraremos as mais diferentes formas de manifestação da doença, começando pela depressão melancólica. Certamente o termo melancolia já deve ter feito parte da sua vida pelo menos por alguns instantes. Mas, quando em estágio mais grave, ele pode ser diagnosticado como um problema de saúde.

A depressão melancólica se caracteriza por um tipo de depressão que muitas vez faz com que o paciente sinta até mesmo falta de prazer na vida, o que ocorre muito geralmente entre os idosos. É claro que nesse caso, é necessário criar uma linha que separe o sentimento de tristeza de uma depressão melancólica, já que esta segunda não dá capacidade para o paciente de controlar a tristeza, tendo então a necessidade de um tratamento especial. Por mais séria que ela pareça, a depressão melancólica é pouco conhecida por parte dos cidadãos, e, o que se sabe sobre ela, nem sempre é verdade: há quem diga que a doença, por acontecer muito na terceira idade, só ocorre na velhice e é uma condição própria dessa idade. Porém, isso não é verdade. Por conta da própria confusão entre a doença e a tristeza que muitos pacientes tardavam pela procura de um médico psiquiatra ou de um tratamento em específico. Porém, com uma grande divulgação sobre a doença e o início de uma aceitação de seus males que prejudicam a mente que isso começou a mudar.Depressão melancólica

Principais características da Depressão melancólica

Entre as principais características desse tipo de depressão, devemos destacar a grande presença de pensamentos negativos, um desencano total sobre a vida, tédio frequente, e até mesmo a ideia de morte com frequência. Além disso, a inatividade, a perda de sono e de fome também fazem parte deste tipo de depressão.

Porém, quando comparamos esse tipo de depressão com outros, encontramos um lado “positivo”: é notável no rosto e na própria expressão do paciente que ele está doente, ou seja, esse tipo de depressão é totalmente indisfarçável. Mas a aparência negativa não está só nesses aspectos, mas também no próprio peso do indivíduo que diminui bastante quando está com a doença.

Tratamento para Depressão melancólica

Para o tratamento da doença, o uso de medicação conciliado com atividades físicas e psicoterapia são os métodos realizados. Os antidepressivos, por terem causado muitos problemas e efeitos colaterais antigamente, agora são acompanhados pelos médicos com todo o cuidado. Uma das principais substâncias aplicadas ao tratamento é a mirtazapina, já que ela não tem efeitos colaterais muito expressivos, e ainda não afeita o coração, a libido, o sono ou o apetite, que já estão em processos de recuperação. A parte positiva é que a doença é fácil de ser controlada e também tratada, mas a melhor forma de fazer com que isso aconteça é diagnosticando-a rapidamente.


Pesquisas semelhantes

  • depressao melancolica
  • depressao melancolica tratamento
  • tristeza depressao melancolia

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. livia disse:

    Nossa estou apavorada com esse post , eu ultimamente estou Assim nao quero sair , nao quero viver,nada mas faz sentido

    • Corpo e Saude disse:

      Olá Livia.
      Recomendamos a você que procure um profissional para verificar o que se passa com você. Somente um profissional pode definir se você esta doente.

      Abraço.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.