Dicas de como escolher um plano de saúde

Neste artigo você vai encontrará todas as informações necessárias para escolher um bom plano de saúde para você e sua família. Conheça as formas de contratação de planos de saúde, pois é importante saber esta informações porque algumas regras mudam de acordo com o tipo de contratação.

Plano de saúde individual/familiar

Se você contratar o seu plano de saúde diretamente com a operadora que vende planos, o seu plano de saúde é do grupo dos planos individuais ou familiares.

Plano de saúde coletivo

Os planos de saúde coletivos são divididos em 2 tipos: os empresariais, que prestam assistência aos funcionários da empresa contratante devido ao vínculo empregatício ou estatutário; e os coletivos por adesão, que são contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

Tenha em mente que, ao aderir a um contrato de plano de saúde coletivo, é uma vez que se você concorde: “Estou de acordo com as regras desse contrato e essa empresa/sindicato/associação tem legitimidade para representar meus interesses, definir o que é melhor para mim e está autorizada a falar em meu nome sobre esse objecto.” Assim, o que for negociado entre a empresa contratante do projeto e a operadora do plano valerá uma vez que você aceita os termos.

plano de saúde

plano de saúde

Ao comprar um plano de saúde coletivo, saiba que, em geral, as regras para esse tipo de contrato são mais flexíveis. Assim, por exemplo, no caso dos planos de saúde individuais ou familiares, a ANS limita o percentual de reajuste das mensalidades. Já no caso dos planos de saúde coletivos, a ANS somente acompanha os reajustes de preços, que são negociados diretamente entre a operadora que comercializa o plano e a empresa, juízo, sindicato ou associação profissional que contratou o projecto de saúde.
Se, posteriormente aderir ao plano, você discordar de alguma das decisões tomadas pela empresa contratante, você tem duas opções:
conversar com essa empresa, parecer, sindicato ou associação profissional, para que ela represente melhor seus interesses; ou procurar um novo plano de saúde e desligar-se desse contrato, se possível, através da portabilidade de carências, para evitar ter que esperar prazos de carência no novo plano.

Artigos relacionados


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.