Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Dieta Mediterrânea

Primeiramente, você já ouviu falar na Dieta Mediterrânea? Ideal para a saúde, a dieta mediterrânea é baseada em uma alimentação saudável em países banhados pelo mar mediterrâneo, como a Itália, Marrocos, Egito, Grécia, Espanha, Líbano e Turquia, por exemplo. Porém, não precisa se assustar: por mais longe que eles estejam geograficamente, os costumes alimentares se assemelham muito com os nossos, o que faz com que a Dieta Mediterrânea tenha sido também adaptada para a culinária brasileira.

A Dieta Mediterrânea, de uma forma geral, proporciona saúde aos indivíduos que a adequam, por ser composta por um cardápio rico em frutas, verduras, legumes, cereais, oleaginosas, peixes, vinho, azeite de oliva, leites e derivados. A Dieta Mediterrânea também ganha a presença de ervas de cheiros, que proporcionam diferentes cores e sabores à Dieta Mediterrânea.

iniciando uma Dieta Mediterrânea

Uma das principais dificuldades que você terá de lidar ao entrar na Dieta Mediterrânea é que ela praticamente corta o consumo de carnes vermelhas, que não fazem muito bem para a sua saúde. Além disso, outros cortes estão associados à Dieta Mediterrânea, como o de açúcar, gorduras, doces, produtos industrializados e outros alimentos de origem animal. Por mais difícil que a Dieta Mediterrânea, ela auxiliará (e muito) na sua saúde.

No que diz respeito às frutas e hortaliças, a Dieta Mediterrânea dá enfoque a alimentos ricos em minerais, fibras, vitaminas e outros antioxidantes, que auxiliam não só no emagrecimento, como também na sua saúde, sendo estes ideais para a prevenção do câncer, por exemplo.

Já no que diz respeito aos cereais, a Dieta Mediterrânea promete cuidar da sua saúde possibilitando ao seu corpo uma energia diária muito maior, com cereais integrais que são fontes de nutrientes, minerais, vitaminas e, principalmente, de fibras.
Os peixes que mais podem “dar um up” na saúde dos indivíduos que realizam a Dieta Mediterrânea são os ricos em ômega 3, responsáveis pela diminuição de riscos de doenças, de colesterol, redução da pressão arterial e outros benefícios.

Dieta Mediterrânea

Dieta Mediterrânea

Já as leguminosas, principais responsáveis pela saúde do indivíduo, entram com tudo na Dieta Mediterrânea, proporcionando ao indivíduo altas taxas de proteínas vegetais e fibras, o que também diminui as taxas de colesterol e evita o câncer de intestino. As oleaginosas fornecem à saúde do indivíduo gorduras boas, mono e poli saturadas, ricas em Vitamina E e Selênio, também capazes de diminuir o colesterol ruim.

Uma das partes mais adoradas da Dieta Mediterrânea é em relação ao vinho tinto, que faz parte da indicação. O vinho tinto aparece na lista para que seja possível evitar a formação das placas de gordura interna, que se instalam negativamente nos vasos sanguíneos. Sendo assim, um cálice diário de vinho pode ser fundamental para a sua saúde, evitando doenças do coração.

Os leites e derivados também são ideais para a saúde e aparecem na Dieta Mediterrânea, pois são as maiores fontes de cálcio para o organismo, proporcionando o fortalecimento dos ossos e prevenção de osteoporose.

Por fim, na Dieta Mediterrânea, o azeite de oliva também auxilia no aumento do colesterol bom e contribui para a saúde do coração.

Recomendados Para Você:

2 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.