Jejum Intermitente Cardápio

Uma das maiores vantagens da adoção do jejum intermitente como dieta é o cardápio! Os alimentos que são permitidos e que têm o consumo incentivado nessa forma de se alimentar são fáceis de encontrar e possuem preços acessíveis.

Para te auxiliar a perder peso de maneira saudável com o jejum intermitente, confira as dicas de refeições que podem ser feitas nas janelas em que você está se alimentando.

RECOMENDADO: Assista a uma apresentação que mostra 3 SEGREDOS para EMAGRECER com Jejum, assista ao vídeo abaixo e confira

➤ Clique Aqui e Conheça o Método e descubra mais SEGREDOS do EMAGRECIMENTO com Jejum

Cardápio de baixas calorias – Jejum Intermitente

  • Café da manhã

Consuma uma fruta fresca e uma xícara de chá verde ou café sem açúcar.

  • Almoço

Salada com proteína magra, regada com uma colher de sopa de azeite de oliva ou óleo de linhaça e vinagre balsâmico.

Consuma também uma xícara de chá verde sem adoçar.

  • Lanche

1 iogurte natural com uma maçã ou outra fruta fresca e uma xícara de chá verde.

  • Jantar

1 peito de frango grelhado com legumes e verduras crus ou cozidos de sua preferência.

1 xícara de chá verde sem adoçar.

Cardápio de calorias moderadas

  • Café da manhã

2 ovos mexidos;

1 fruta fresca de sua preferência;

1 xícara de chá verde ou café sem adoçar;

  • Almoço

Peito de frango assado ou grelhado;

Salada de legumes variados, crus ou cozidos e temperados com azeite de oliva;

3 colheres de sopa de arroz integral;

1 xícara de chá verde sem adoçar;

  • Lanche

1 cookie integral e uma xícara de chá verde ou café sem adoçar;

  • Jantar

1 bife de carne vermelha magra grelhado;

Salada de sua preferência temperada com vinagre balsâmico e azeite de oliva;

Cardápio de apenas duas refeições

  • Café da manhã (8h)

1 copo de leite desnatado e 1 fatia de pão integral com uma porção pequena de manteiga;

  • Jantar (20h)

Peito de frango salteado com legumes e uma laranja;

Vale a pena ressaltar que não são todas as pessoas que conseguirão fazer 4 refeições mantendo a dieta do jejum intermitente, porque isso irá depender do protocolo de jejum que você adotou.

Esses cardápios são pensados para que você possa se nortear de como temperar os alimentos, e quais são boas opções de combinações saudáveis para que sua alimentação não fique monótona ou sem graça.

O que evitar?

Ao quebrar o jejum é preciso evitar alimentos que tenham alto índice glicêmico, como o caso de: abacaxi, manga, banana.

Após o período do jejum se o seu desejo é emagrecer, você deve evitar o consumo de álcool, doces, frituras e alimentos refinados.

Lembre-se que nas janelas de alimentação as refeições devem priorizar alimentos que ofereçam saciedade prolongada e baixo índice glicêmico.

Durante o período de jejum o consumo de água, café e chá sem adoçante é totalmente liberado, aliás, é extremamente importante que você não deixe de consumir o mínimo de 2 litros de água durante o dia.

O jejum é a privação de alimentos por um determinado período de horas, o consumo de água deve se manter regular para preservação da sua saúde.

Quebrando o jejum

Independente do horário do dia, sempre que você for fazer a primeira refeição para quebrar o jejum, deverá ter cuidado para se alimentar na quantidade correta e com alimentos de baixo índice glicêmico, para evitar picos de insulina no sangue.

Acontece que devido ao jejum sua taxa de insulina estará baixa, e provocar picos de insulina acaba fazendo o efeito contrário ao desejado, uma vez que esses picos contribuem para o acúmulo de gordura e ganho de peso.

Por isso, nas suas refeições sempre prefira: proteínas com pouca gordura como peito de frango e carnes magras, legumes e verduras in natura, frutas com casca para aumentar a ingestão de fibras, cereais integrais, inhame, cará e mandioca.

Os praticantes de jejum intermitente não devem exceder o consumo de 500 calorias diárias para mulheres e 600 calorias diárias para homens.

E se você faz exercícios físicos deve preferir ir para a academia após a quebra do jejum, evitando a realização de treinos em jejum que podem provocar desconfortos e que não irão oferecer o mesmo desempenho físico quando comparado ao seu desempenho após se alimentar.

Tenha cuidado

Pessoas diabéticas, hipertensas, mulheres grávidas ou que estão amamentando, idosos e crianças não devem adotar o jejum intermitente como prática alimentar.

A restrição calórica em períodos prolongados pode provocar problemas de saúde para pessoas pertencentes a esses grupos.

Caso você esteja em um desses grupos e deseje perder peso de maneira saudável o ideal é procurar ajuda nutricional!

A prática de jejum intermitente é muito mais que uma dieta, sendo uma filosofia de vida. Se você perceber que não se adapta a essa forma de se alimentar, e que os períodos de jejum se tornam uma verdadeira tortura, a melhor maneira de lidar com isso é procurando uma alimentação eu se adeque as suas reais necessidades.

A alimentação deve nos proporcionar energia e vitalidade e não sofrimento!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.