Lipocavitação – Saiba mais sobre a Lipocavitação

Para quem está buscando tratamentos estéticos que possam ajudar a modelar a cintura e diminuir medidas existem diversas opções. Com os sites de compra coletiva investindo pesado no ramo de tratamentos de beleza, as possibilidades ao alcance do bolso são diversas e é normal ficar um pouco perdida em meio a tantas técnicas e informações.

Mas a pesquisa sobre o assunto é muito importante e necessária para entender com clareza os efeitos, os procedimentos e o tempo de tratamento de cada modalidade. Este conhecimento será muito importante para evitar frustração com os resultados, enganações e até mesmo riscos para sua saúde.

A lipocavitação é um dos tratamentos mais procurados no ramo dos procedimentos minimamente invasivos, ou seja, aqueles que não exigem cortes, anestesia e tempo de recuperação. Esta é uma técnica bastante eficiente para pacientes que querem perder gordura localizada, modelar a silhueta e tratar de celulite.

Como funciona a Lipocavitação

Esta técnica utiliza um aparelho que emite ondas de ultrassom. Porém, esta máquina é diferente daquela usada para realizar exames neonatal, que muitos devem conhecer. A diferença essencial entre as duas máquinas é o comprimento das ondas e a abrangência delas.

Os aparelhos de lipocavitação emitem ondas de ultrassom focadas que vão passar pelas primeiras camadas da pele e atingir o tecido adiposo, provocando o efeito conhecido como cavitação, ou seja, a agitação das células de gordura. Esta movimentação fará com que a gordura se desprenda da região onde está acumulada e vá para a corrente sanguínea, então será eliminada do organismo através das fezes e da urina.

O procedimento pode ser realizado em diversas regiões do corpo, principalmente aquelas conhecidas por causar incomodo por conta da gordura localizada. Abdômen, as laterais do corpo, conhecida como flancos, glúteos e coxas são as regiões mais indicadas para a lipocavitação e também aquelas que mostram os melhores resultados.

Quando se trata de redução de medidas, os benefícios podem ser vistos logo na primeira sessão. Algumas clínicas adotam a prática de medir a região tratada antes e depois para que a paciente veja os resultados. São recomendadas de 4 a 8 sessões de 30 minutos para atingir as medidas desejadas.Lipocavitação

Celulite

A celulite de graus mais leves, geralmente, é causada por dois fatores, o acumulo de gordura em uma região do corpo e a inflamação das células da pele. A aparência de pequenas ondas na pele é simplesmente a gordura espalhada de forma irregular sob o tecido cutâneo, enquanto as inflamações, que dão a aparência de pequenos furinhos, podem ser resultado de má circulação e acumulo de líquidos.

A lipocavitação, além de agir no tecido adiposo, também estimula a produção de colágeno e a circulação, diminuindo consideravelmente a aparência da celulite.

Cuidados a serem tomados para fazer a Lipocavitação

Quem possui problemas de colesterol ou alguma disfunção no fígado deve evitar o procedimento, pois ao quebrar as células de gordura o organismo precisa metabolizar estes elementos para eliminá-los e o órgão responsável por este processo é o fígado, por isso garanta que ele esteja saudável.

Outra recomendação importante é evitar, ou diminuir, o consumo de bebidas alcoólicas durante o período de tratamento para não sobrecarregar o organismo. Beber muita água também vai ajudar a atingir resultados mais eficientes. Associar a lipocavitação com a drenagem linfática é altamente recomendado e reduzirá consideravelmente problemas com inchaços e celulite.

A lipocavitação é um procedimento bastante seguro, mas precisa ser realizado por um profissional qualificado, que saiba operar a máquina. O uso indevido do aparelho pode provocar queimaduras e danos ao fígado.

Dê esta dica aos seus amigos compartilhando em suas redes sociais.


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.