Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

O que é a dietoterapia

A dietoterapia tem como base o que Hipócrates, um dos pais da medicina da Grécia Antiga afirmou “que o seu remédio seja o seu alimento, e que o seu alimento seja também o seu remédio”. Sendo assim, é possível afirmar que a dietoterapia nada mais é do que um conjunto de métodos utilizados pelo profissional da saúde – principalmente o fisioterapeuta – com base em alimentos tanto para a prevenção, como também para o tratamento de diversas enfermidades.

Dessa forma, o seu principal intuito é oferecer para o organismo, que possivelmente estará debilitado, todos os nutrientes capazes de melhorar e manter a saúde do paciente bem. Tais nutrientes são oferecidos então por meio dos alimentos que mais se adéquem com base na condição patológica do paciente, levando também em consideração as suas características psicológicas, físicas e sociais.

Para que a dietoterapia dê certo, ela deve estabelecer como base todas as necessidades da pessoa em questão, seja de recuperação ou então da própria manutenção da saúde. Existem dietoterapias específicas para diabéticos, para pessoas com pressão alta ou colesterol ruim alto, para pessoas que carecem de proteínas ou as tem demais e assim por diante. Conheceremos um pouco sobre as mais conhecidas a seguir.

Mas antes disso, conheça os principais objetivos da dietoterapia:

dietoterapia

• Certamente o seu principal objetivo é manter ou recuperar um estado de saúde, a fim de fazer com que o paciente retorne para as suas atividades cotidianas com saúde e qualidade de vida;

• Os objetivos específicos são: fazer com que a dieta se adéque com a capacidade de cada organismo em questão de absorver, digerir ou até mesmo tolerar determinados tipos de alimento;

• Aumentar a capacidade do organismo de metabolizar cada um desses nutrientes;

• Contribuir para acabar com estados específicos de deficiência voltados para a nutrição do indivíduo, como a falta de absorção de carboidratos, o excesso de proteínas e falta da metabolização das mesmas e ainda outras condições específicas e que podem ocorrer em qualquer fase de nossa vida;

• Estimular ou até mesmo possibilitar o repouso de algum determinado órgão do corpo humano que está sobrecarregado, como o intestino, estômago ou esôfago, por exemplo, criando uma dietoterapia com base em alimentos que não prejudiquem tais órgãos;

• Um dos principais objetivos da dietoterapia, como não poderia deixar de ser, é educar familiares e pacientes para adotar rotinas de alimentação muito mais saudáveis, que estejam compatíveis tanto com o estilo de vida adotado pela família como também pela qualidade de vida e saúde dos seus integrantes.

Veja também:

Dietoterapia de krause pdf gratis

Dietoterapia de krause <<

Tipos de dietoterapias

Entre as dietoterapias que são frequentemente adotadas pelos nutricionistas com base na condição e/ou enfermidade do paciente estão:

Dieta hipercalórica – extremamente rica em energia, fundamental para tratar a desnutrição;

Dieta hiperproteica – rica em proteínas, ela é utilizada tanto em casos de desnutrição como também em pacientes com dificuldade para metabolização de alimentos;

Dieta hipossódica, pobre em sódio, indicada principalmente para os indivíduos com hipertensão;

Dieta hipoproteínas – com poucas calorias para indivíduos que precisam controlar a ingestão das mesmas (por conta de casos de cirrose hepática ou insuficiência renal, por exemplo);

• Além disso, existem também as dietas hipo ou hiperglicídica, dieta hipo ou hiperlipídica, dieta líquida, dieta pastosa, dieta branda e a dieta normal, também conhecida como livre.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.