Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

O que é aromaterapia

Em primeiro plano, podemos começar caracterizando qual é o significado das letras que compõem a palavra aromaterapia. Ao separarmos ela em duas partes, o “aroma” é caracterizado como o cheiro agradável, e a “terapia”, como um tratamento que tem como principal intuito a cura de alguma indisposição tanto emocional quanto física.

Sendo este termo aplicado diretamente ao ramo fitoterápico, essa prática essencialmente terapêutica é utilizada principalmente para a utilização de propriedades de óleos totalmente puros e essenciais, com o intuito de restabelecer a harmonia e o equilíbrio do indivíduo que se submete ao tratamento.

Dessa forma, a aromaterapia nada mais é do que uma prática que, por meio dos óleos essenciais, atua tanto na prevenção, no tratamento de sintomas que podem ser emocionais e mentais, como também nos físicos ou, até mesmo, energéticos.

aromaterapia

E quais são esses óleos essenciais?

Os óleos essenciais contam com algumas características peculiares e únicas, que começam desde a extração, suas substâncias e a própria maneira como são utilizados. Conheça quais são as principais.

• Os óleos essenciais são compostos por substâncias de origem unicamente vegetal. Dessa forma, eles são integralmente puros e são extraídos de partes de plantas com aromas intrigantes e deliciosos, motivo pelo qual conseguem carregar também sua própria energia de caráter vital;

• Por outro lado, esses óleos são extremamente concentrados, além de naturalmente ricos em componentes químicos e totalmente voláteis;

• Os óleos essenciais podem ser extraídos de variadas formas: por meio dos caules das plantas, suas sementes, flores, raízes, folhas, frutos e, até mesmo, de resinas;

• A estrutura molecular desses óleos essenciais também é bem complexa e, por isso, muitas são as substâncias químicas e naturais que agem como verdadeiros “profissionais terapeutas” para o nosso corpo.

Como os óleos atuam no nosso corpo?

Os óleos essenciais conseguem entrar no nosso organismo por meio da nossa pele, além do sistema respiratório e do próprio olfativo. E é aqui que a escolha específica por esses óleos se torna compreensível: eles conseguem ser integralmente absorvidos pelo organismo humano, sem qualquer resíduo que venha a ser nocivo para o indivíduo.

É também por esse motivo que com frequência podemos encontrar esse produto em produtos de higiene ou óleos para o corpo, além de sabonetes, cremes corporais para fazer massagem, escalda-pés, banhos de imersão, inalações, compressas e, até mesmo, para a aromatização de diferentes ambientes.

Propriedades terapêuticas

A aromaterapia se torna uma técnica extremamente eficaz principalmente por conta das propriedades terapêuticas que são oferecidas por meio desses óleos, o que, por sua vez, só se torna possível graças aos compostos químicos presentes nos mesmos.

Entre essas propriedades terapêuticas devemos destacar que os óleos essenciais são diuréticos (o que auxilia de forma secundária no emagrecimento saudável), são relaxantes, analgésicos, digestivos, antissépticos, antidepressivos, digestivo, imunoestimulante, bactericida, estimulante, cicatrizante, desintoxicante, sedativo e assim por diante. Por conta disso, as sensações proporcionadas por meio da aromaterapia são sempre positivas, com destaque para o bem estar tanto físico, quanto emocional do indivíduo em questão.

A aromaterapia é caracterizada como uma técnica de terapia holística, que atua nas nossas emoções e, também, no físico e na nossa mente de uma forma geral.

Como a prática acontece?

Para que os benefícios dos óleos essenciais possam chegar até o organismo do indivíduo, a aromaterapia foi criada. Suas técnicas consistem na realização de massagens, inalações ou, até mesmo, por águas de banho.

Essa técnica se torna totalmente eficaz em meio a tratamentos tanto alopáticos como também homeopáticos, que visam o bem-estar da pessoa e de suas necessidades como um todo.

A aromaterapia é, também, caracterizada como a própria ciência que atua nos estudos envolvendo óleos essenciais das plantas para garantir vantagens e benefícios para a vida em sociedade. O principal intuito da prática é mostrar que os aromas combinados das plantas conseguem promover uma série de efeitos positivos na vida do indivíduo, tanto para o seu corpo, como também para a sua mente.

Os benefícios provocados pela prática de aromaterapia podem ser concedidos de diferenciadas formas.

• Inalação

No aso da inalação, é necessário considerar que a essência, ou melhor, o aroma dos óleos chegará no nosso sistema nervoso central, que será o responsável por processar todas as informações e repassá-las para outras partes do corpo.

• Aplicação na pele

A utilização dos óleos essenciais da aromaterapia na pele, por sua vez, faz com que o óleo seja logo absorvido por meio da derme, atuando diretamente no local desejado. Quando aplicados na pele do indivíduo, os óleos essenciais podem ser encontrados em forma de cremes, géis, loções e assim por diante.

Os benefícios da aromaterapia

Certamente, você já deve ter notado que muitas são as vantagens ocasionadas graças às técnicas utilizadas pelo aromaterapia.

A utilização dos óleos essenciais no corpo do indivíduo é capaz de provocar uma série de “respostas” pelo mesmo. Dessa forma, a respiração, a pressão arterial, a circulação do sangue, o equilíbrio, a velocidade dos batimentos cardíacos e o próprio ânimo do indivíduo podem mudar de forma repentina, assim que os tratamentos de aromaterapia começam a fazer parte de suas rotinas.

Sendo assim, é certo de que as vantagens para o corpo e para o emocional do indivíduo não são nada limitados e, inclusive, podem ser sentidos de forma bem expressiva logo nas primeiras sessões de aromaterapia. O bem estar tanto físico, quanto emocional logo é restabelecido, e a qualidade de vida do paciente é intensificada.

Os benefícios podem ser sentidos na prática de atividades físicas, no tratamento de doenças tanto físicas, quanto emocionais, no próprio dia a dia do indivíduo, e por aí vai.

Não confunda

Por fim, devemos destacar que muitos são os indivíduos que acabam criando uma confusão entre o uso de essências com os óleos essenciais utilizados na prática de aromaterapia.

Enquanto as essências não passam de produtos criados pela indústria com o intuito de oferecer um aroma mais agradável para um determinado ambiente – porém, sem a energia verdadeiramente proporcionada pela terapia -, os óleos essenciais contam com verdadeiros componentes e substâncias que garantem resultados positivos para a saúde e bem estar do indivíduo.

Cursos recomendados:

O Acesso VIP do 1º Congresso Online de Aromaterapia é uma área de membros com as gravações de todas as palestras transmitidas no Congresso, além de um super pacote de Bônus que inclui palestras extras, os áudios em mp3, entrevistas e e-books, tudo isso formado pelos maiores especialistas em Aromaterapia.

Acesso ao curso aqui!

Pesquisas semelhantes

  • o que faz a aromaterapia

Recomendados Para Você:

1 Comentário

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.