Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

O que é exatamente o estresse, e quais são os seus efeitos sobre o corpo?

O tão falado estresse trata-se de um mecanismo fisiológico, ou seja, uma defesa que o nosso corpo tem perante aos fatores externos. Diante dos problemas do dia-a-dia, como nervosismo, ansiedade, irritação, discussões, trânsito e mais uma série de transtornos, o organismo reage liberando uma série de substâncias que afetam os batimentos cardíacos e a pressão arterial, mesmo que discretamente. Até porque, ao longo do tempo, essas atividades podem causar diversos males à saúde. Dessa forma, o estresse pode fazer muito mal, causando sensações de desânimo, cansaço e, nos casos mais sérios, pode desencadear uma depressão no organismo.

Com a sociedade moderna, no qual todos reclamam da falta de tempo e correria desenfreada, o estresse agora é uma palavra bastante presente no cotidiano. As pessoas reclamam de estresse quando estão na fila do banco, presos no trânsito ou quando discutem com o chefe, mas, na verdade, estes não se tratam propriamente do estresse, mas de pequenos transtornos que podem ser superados rapidamente, sem causar danos à saúde. Por ser um defesa natural do organismo, o estresse é desencadeado, principalmente nos dias de hoje, devido aos estímulo estressantes, ou seja, os fatores repetitivos que acontecem cotidianamente, sendo persistentes e prejudiciais à saúde.

O que é exatamente o estresse

O que é exatamente o estresse

Quais são os sinais do estresse?

Sendo capaz de afetar a saúde de maneira geral, alcançando os sistemas nervoso, endócrino e digestivo, alguns sinais como a incapacidade de dormir bem, acordar cansado e se irritar facilmente, podem indicar o estresse. Se o indivíduo não levanta bem disposto, não sente prazer em executar as tarefas que antes o deixava feliz, ou dorme até demais, esses também são sinais do estresse. Nessas situações, o corpo responde através do organismo, liberando substâncias, como a adrenalina, que, depois dos picos de estresse, causam uma enorme sensação de cansaço e desgastes, sendo a saúde a principal afetada.

O que é o estresse crônico?

O estresse crônico caracteriza-se quando é ultrapassado o estresse comum, ou seja, as situações de estresse rotineiras, provocando efeitos devastadores na saúde. Podendo causar doenças sérias, como úlceras, hipertensão, pressão alta e queda de cabelos, o estresse crônico ativa alguns impulsos no afetado, como a fuga e a luta. Dessa forma, quem sofre de estresse, não raramente, sente vontade de fugir para bem longe ou vive se metendo em discussões desnecessárias. Sobretudo, o estresse afeta seriamente a saúde química do cérebro, sendo o comportamento diferenciado um dos principais sinais do transtorno.

Como evitar o estresse?

Nos casos mais sérios de estresse, é essencial procurar a ajuda de psiquiatras e psicólogos, que são os profissionais da saúde especializados neste tipo de transtorno. Porém, o estresse pode ser evitado a partir de algumas mudanças de hábito, como não deixar tudo para a última hora, arrumar uma maneira de se desligar dos problemas do dia-a-dia, não acumular preocupações e descansar bem. Simples atitudes como essas provocam enormes benefícios à saúde e ajudam no combate ao estresse por se tratarem de estímulos positivos, que sobretudo, agem na mente provocando a sensação de bem-estar e elevando à saúde. Se divertir e deixar os assuntos do trabalho no local de trabalho, também são boas formas de evitar o estresse.

Recomendados Para Você:

1 Comentário

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.