Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

O que é transtorno do pânico

O transtorno do pânico é diferente do medo e ansiedade relacionados a eventos estressantes em nossas vidas. O transtorno do pânico é uma doença grave que ataca sem motivo nem aviso. Os sintomas do transtorno do pânico incluem ataques súbitos de medo e nervosismo, bem como sintomas físicos, como coração acelerado. Durante um ataque de pânico, o medo está fora de proporção em relação a situação, que muitas vezes não é algo grave. Com o tempo, uma pessoa com transtorno do pânico desenvolve um medo constante de ter outro ataque de pânico, o que pode afetar o funcionamento diário e qualidade de vida geral.

O transtorno do pânico geralmente ocorre junto com outras doenças graves, tais como depressão, alcoolismo ou abuso de drogas.

Quais são os sintomas do Transtorno de Pânico?

Os sintomas de um ataque de pânico, que geralmente duram cerca de 10 minutos, incluem:

  • Dificuldade em respirar.
  • Dores no peito.
  • Intensa sensação de pavor.
  • Sensação de asfixia ou falta de ar.
  • Tonturas ou sensação de desmaio.
  • Tremor ou agitação.
  • Suor em excesso.
  • Náuseas ou dor de estômago.
  • Formigamento ou dormência nos dedos das mãos e dos pés.
  • Calafrios ou ondas de calor.

O que provoca o transtorno do pânico?

transtorno do pânico

Embora as causas de transtorno de pânico não sejam totalmente compreendidas, os estudos têm mostrado que uma combinação de fatores, incluindo fatores biológicos e ambientais, podem estar envolvidos. Esses fatores incluem.

A história da família. O transtorno de pânico pode ser passada para algumas pessoas por um ou ambos os pais (s) bem como o cabelo ou a cor dos olhos.

Anormalidades no cérebro. O transtorno do pânico pode ser causado por problemas em partes do cérebro.

Abuso de substâncias. O abuso de drogas e álcool pode contribuir para a síndrome do pânico.

Vida estressante. Os eventos estressantes ocorridos na vida, como a morte de um ente querido, podem desencadear o transtorno do pânico.

Transtorno do Pânico em geral

O transtorno do pânico na maioria das vezes começa durante o final da adolescência e início da idade adulta. É duas vezes mais comum em mulheres do que em homens.

Como o transtorno do pânico é diagnosticado

Se os sintomas do transtorno do pânico estão presentes, o médico começará a avaliação através da realização de um histórico médico completo e exame físico. Embora não existam exames laboratoriais para diagnosticar especificamente o transtorno do pânico, o médico pode usar vários testes para procurar doenças físicas como a causa dos sintomas.

Se nenhuma doença física for encontrada, poderá ser encaminhado para um psiquiatra ou psicólogo, que são especialmente treinados para diagnosticar e tratar de doenças mentais. Os psiquiatras e psicólogos utilizam ferramentas de entrevista e avaliações especialmente concebidas para avaliar uma pessoa para o transtorno de pânico.

O médico baseia seu diagnóstico sobre a intensidade relatada e duração dos sintomas, incluindo a frequência de ataques de pânico. O médico, então, determina se os sintomas têm o grau que sugere o transtorno do pânico.

Recomendados Para Você:

1 Comentário

  1. Parabéns pela matéria!
    Somos um centro de referência no tratamento do pânico e agorafobia e sempre é importante fazer uma avaliação diagnóstica em uma clínica especializada em pânico ou agorafobia ou mesmo procurar um psicólogo ou psiquiatra para entender o caso. Nem sempre o medo de passar mal ou ataques de pânico é síndrome do pânico (transtorno de pânico). Entre outras causas, pode ser TEPT (Transtorno do Estresse Pós-Traumático), TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada), TAS (Transtorno de Ansiedade Social ou Fobia Social), Hipocondria entre outros.
    Anderson Xavier
    Coordenador do INSCA Instituto de Saúde Cognitiva Aplicada
    http://www.psicologiaaplicada.com.br/sindromedopanico
    http://www.insca.com.br/sindromedopanico

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.