Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

obesidade infantil

A obesidade infantil aumentou e muito no território brasileiro nas últimas duas décadas. E o motivo para os números alarmantes da obesidade infantil estão diretamente ligados com a mudança na rotina das crianças, afinal, é fácil perceber que obesidade infantil aumenta ao mesmo tempo em que surgem as novas tecnologias, ou seja, ao mesmo tempo em que as crianças substituem muitas brincadeiras onde a movimentação do corpo é frequente pelos jogos sedentários do computador, que certamente prejudicam de uma forma ou outra a saúde e facilitam a obesidade infantil.

A obesidade infantil está diretamente ligada à saúde da criança, e é por isso que seus altos índices no Brasil assustam e muito não só aos pais como toda a população, afinal, a obesidade infantil prejudica não só a saúde do indivíduo enquanto ele é criança, já que outras doenças podem vir a surgir no indivíduo por conta disso, principalmente as ligadas ao coração, diabetes, colesterol alto e por aí vai. E isso possibilita uma abertura para um ciclo que começa na obesidade infantil mas gera quadros ainda mais graves com o passar dos anos e a chegada na fase adulta.

Causas da obesidade infantil

Por mais que a obesidade infantil possa estar relacionada à fatores de caráter hereditário, suas principais causas são os maus hábitos alimentares, ou seja, a falta de uma alimentação saudável, e o sedentarismo que nas últimas duas décadas tomou conta das crianças não só brasileiras como de todo o mundo, possibilitando a obesidade infantil.

obesidade infantil

obesidade infantil

A principal causa que desenvolve a obesidade infantil e também óbvia, é porque a criança come muito mais do que lhe é necessário. Isso faz com que o corpo da mesma comece a armazenar um número desnecessário de calorias nas suas células adiposas, para que isso seja usado como energia brevemente. Mas, nem sempre toda essa energia é gasta, e é aqui que a obesidade infantil começa a se desenvolver e a prejudicar a saúde do pequeno: se o padrão de comer muito e queimar pouco continuar a se propagar com o tempo, o número de células adiposas produzidas pelo corpo será cada vez maior e a criança poderá então desenvolver a obesidade infantil.

A obesidade infantil aparece com frequência prejudicando a saúde na infância principalmente nas últimas décadas, onde comer a qualquer momento é cada mais simples, e os pais também permitem que elas comam à qualquer local e horário, sem nem notar que isso acabar com a saúde do pequeno e ainda culminar na obesidade infantil. É claro que, principalmente para a saúde emocional do pequeno, não é adequado proibir a criança de comer, mas ela deve saber que comer de mais ou de menos é prejudicial para a saúde, sendo que em um desses casos notamos a obesidade infantil.

Um dos fatores que mais abrem portas para a obesidade infantil é a substituição de atividades que exigem grande energia da criança, por jogos de computadores, videogames e é claro, a televisão. A obesidade infantil surge quando as mesmas substituem o exercício físico, que fica em segundo plano juntamente com a saúde do pequeno.

Por conta disso cabe aos pais evitar a obesidade infantil, estimulando a realização de atividades físicas, colocando seus filhos não só em frente ao computador como também em aulas de ginástica, de futebol, tênis ou outras que eles se sintam bem. Além disso, evitar a obesidade infantil implica em cuidar da alimentação dos mesmos, dando abertura também para a melhora da saúde da criança.

Recomendados Para Você:

1 Comentário

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.