Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

os tipos de TPM e tratamentos

A TPM é famosa por toda a sociedade. Conhecida popularmente por um momento de “descontrole” emocional das mulheres na verdade, não poderia ter definição mais equivocada. O que pouco se sabe é quais são as verdadeiras reações do organismo feminino que fazem com que elas passem por esse período.

A síndrome pré-menstrual (TPM), a grosso modo, é um conjunto de sensações que ocorrem com as mulheres num período antes do ciclo menstrual (cerca de dez dias). De acordo com pesquisas do Ministério da Saúde, 70% das mulheres passam mensalmente por esse período.

Transformações do corpo feminino

O corpo da mulher vive passando por transformações. Ao longo do mês, a maior parte dos dias configura preparos do corpo feminino para que ela possa receber o bebê. Na primeira metade do mês, ocorre o período de ovulação, e a consequente elevação nos níveis de estrogênio, hormônio responsável justamente pelo bem estar. Na segunda metade, a fase é justamente o contrário. O estrogênio tem seu nível reduzido, enquanto a progesterona aumenta no corpo da mulher.

E essa queda de estrogênio é a grande responsável pela tal famosa TPM. Dependendo do nível da diminuição do hormônio, a mulher sentirá uma quantidade X de sintomas – que podem ser, desde ansiedade, alterações no humor, dores no corpo, e diversos outros que as mulheres passam mensalmente e conhecem muito bem.

A questão curiosa é que uma mulher não sentirá necessariamente os mesmos sintomas todos os meses, e que as mulheres podem sentir sintomas completamente diferentes umas das outras. Isso ocorre pois, através de muitos estudos, chegou-se à conclusão de que existem tipos diferentes de TPMs, e é justamente sobre isso que queremos falar melhor neste artigo.

Os tipos de TPM

Tipo de TPM A: A primeira forma que a TPM pode aparecer é caracterizada pela ansiedade. Existe uma maior liberação de adrenalina e cortisol, hormônios que contribuem com o aumento do estresse. O tipo A é o mais famoso, deixando a mulher facilmente nervosa, e apresentando alterações no humor.

 tipos de TPM

tipos de TPM

Tipo de TPM C: Essa forma de TPM tem como principal característica a compulsão alimentar. A vontade incontrolável de comer vem junto com cansaço, tontura e dores de cabeça. Essa vontade de comer ocorre, pois, nessa fase, o cérebro acredita que precisa de recompensar. O açúcar é um dos responsáveis por uma sensação de prazer no corpo feminino.

Tipo de TPM D: A depressão é a palavra que melhor define essa fase da TPM. Claro que não estamos falando da doença em si, que tem atingido cada vez mais pessoas por aí, mas de sintomas depressivos. Crises de choro, insônia, baixa autoestima são alguns dos principais sintomas dessa forma de TPM.

Tipo de TPM H: O “H” vêm da palavra hidratação, que é o maior problema desse tipo de TPM. As mulheres que sofrem com essa forma da TPM estão acostumadas com inchaços e ganho de peso (devido a retenção de líquidos) e seios doloridos. Para reduzir os inchaços, o mais recomendável é que sejam reduzidos os alimentos que provoquem retenção de líquidos, como a cafeína por exemplo.

Existem ainda os outros sintomas que não estão enquadrados com nenhum dos tipos de TPM citados anteriormente. Alguns exemplos são náuseas, acne, reações alérgicas, alterações nos hábitos intestinais e fogachos.

Em alguns casos, a TPM pode ser até mesmo considerada uma doença (desordem disfórica pré-menstrual). É algo raro, mas há mulheres que podem sentir tanta dor, que até mesmo levantar da cama fica difícil. Para resolver isso, existem diferentes tratamentos médicos de acordo com os principais sintomas sentidos pela mulher. O mais importante é um atendimento de perto e com muita atenção, para que a mulher possa se sentir melhor o mais rápido possível.

Sabendo de tudo isso, o que deve ser levado por toda a vida, especialmente para os homens que muitas vezes não entendem a TPM, é saber que os efeitos ocorrem devido a alterações químicas no organismo feminino, e que não são uma opção da mulher (quem dera fosse, né?). Sendo assim, deve ser tudo tratado com muito respeito e carinho, independentemente do tipo de TPM que a mulher sofra, para que ela tenha uma qualidade de vida boa, mesmo nesse período tão complicado que ocorre todos os meses.

Recomendados Para Você:

2 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.