Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Pneumonia

A pneumonia é uma doença caracterizada pela inflamação ou infecção dos pulmões, órgãos fundamentais do sistema respiratório. A pneumonia pode ser provocada por fungos, parasitas, bactérias ou vírus, além de outros microorganismos. A pneumonia pode atingir pessoas de diferentes idades e é bastante frequente. Em crianças e idosos, o quadro de pneumonia pode evoluir para outras complicações e o tratamento correto é muito importante para que não fiquem sequelas.

O que é Pneumonia

O que causa a pneumonia é a entrada de algum agente irritante ou infeccioso no espaço alveolar, local em que acontece a troca de gases e que precisa sempre estar limpo para evitar o contato do ar com o nosso sangue. Assim, ao entrar uma substância estranha neste espaço, como um vírus ou uma bactéria, ocorre uma inflamação intensa que busca eliminar este invasor. Esta é a pneumonia. Entre os principais sintomas da pneumonia estão fraqueza, secreção esverdeada ou amarelada, falta de ar, mal estar no corpo inteiro, confusão mental, mudanças na pressão arterial, dor na região do tórax, tosse e febre alta. Além disso, em quadro de pneumonia a respiração torna-se mais dolorosa e curta, e a região em volta dos lábios pode ter uma coloração mais azulada, devido à falta de ar. Outro sintoma da pneumonia, decorrente da baixa imunidade do organismo, é o aparecimento de herpes nos lábios.

Pneumonia

Pneumonia

Alguns fatores de risco aumentam as chances de a pessoa apresentar pneumonia, portanto é muito importante cuidar com eles, como o fumo, que facilita a entrada de agentes externos; o álcool, que reduz a nossa imunidade; o ar condicionado, que torna o ar mais seco; mudanças fortes de temperatura e resfriados mal tratados.

Tratamentos

Para diagnosticar a pneumonia é necessário procurar um médico para a realização de radiografias no tórax, auscultação dos pulmões e exame clínico. Uma vez diagnosticada a pneumonia, inicia-se o tratamento com a utilização de antibióticos e o paciente apresenta melhoras dentro de três ou quatro dias. Em pessoas de mais idade ou em pacientes com alterações clínicas e febre muito alta recomenda-se a internação em um hospital para o acompanhamento da evolução da pneumonia. Entre as alterações clínicas decorrentes da pneumonia estão o comprometimento da pressão arterial e do funcionamento dos rins, e problemas de respiração devido à secreção presente no alvéolo que dificulta a troca de gases.

Dicas simples para evitar a pneumonia

Algumas atitudes simples ajudam a evitar a pneumonia, como lavar as mãos frequentemente, em especial depois de trocar fraldas, usar o banheiro, assoar o nariz e antes das refeições; e evitar fumar. Algumas vacinas, como a vacina contra a gripe, também ajudam no combate à pneumonia. Em pacientes com quadro de HIV ou câncer é fundamental conversar com o médico sobre as formas de evitar a pneumonia, pois a doença pode evoluir para outras complicações devido à baixa imunidade. Caso você apresente os sintomas de pneumonia, procure um médico imediatamente para o correto diagnóstico do problema e início do tratamento.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.