Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Quais os sinais e sintomas do avc

O AVCAcidente Vascular Cerebral, que também é conhecido como derrame cerebral, acontece quando ocorre um rompimento ou entupimento dos vasos responsáveis por levar sangue para o nosso cérebro. Quando isso ocorre, uma paralisia se estabelece na nossa área cerebral, que fica completamente sem circulação sanguínea.

Há algum tempo, o AVC era considerado uma doença unicamente para os idosos, já que costumava se manifestar durante a terceira idade. Porém, nos dias de hoje, ela afeta também os jovens com frequência, principalmente por conta dos fatores de risco que apresenta. Sendo assim, a mudança negativa nos hábitos de alimentação, assim como problemas de saúde como a hipertensão e colesterol podem ser grandes causadores desse problema.

E a melhor forma de se prevenir contra o AVC é conhecendo os seus sintomas e sinais, afinal, a identificação é a primeira fase para o combate.

Tipos de AVC

Existem dois diferentes tipos de AVC, o isquêmico e o hemorrágico. O isquêmico é aquele caracterizado pelo entupimento dos vasos encarregados de levar sangue para o nosso cérebro. Já o AVC Hemorrágico é quando ocorre o entupimento desses vasos, fazendo com que o cérebro comece a sangrar de forma desenfreada.

Os sintomas gerais

Identificar um AVC pode não ser assim uma tarefa tão difícil o quanto aparenta, e por isso, o indivíduo pode prevenir de ser pego com surpresa.

Cada uma das manifestações de AVC na saúde conta com sintomas específicos, por isso, confira um pouco mais sobre eles nesse artigo.

Sintomas do AVC Isquêmico

O AVC isquêmico é aquele caracterizado pelo entupimento dos vasos.

Um dos principais sintomas nesse caso é a dormência com frequência de alguns membros do corpo, como é o caso da perna, do braço e do próprio rosto. Isso acontece pelo fato de que a circulação sanguínea começa a falhar no cérebro, e quando isso acontece, os membros que mais utilizamos para nos expressarmos são os primeiros a se manifestarem.

Além disso, a perda de força nos músculos ou a própria perda de visão também é uma característica bem comum nesse tipo de AVC. A perda ocorre de maneira repentina, afinal, a parte do nosso cérebro responsável pela força e pela visão são rapidamente afetados por conta desse entupimento. A perda de visão geralmente é súbita e pode envolver um olho ou ambos.

A comunicação de maneira oral também é prejudicada, e o indivíduo com AVC começará a notar dificuldades para se comunicar. A alteração da fala é comum em quase todos os casos, lembrando que ela se torna também mais aguda. A dificuldade inclui desde a articulação de palavras como a própria dificuldade em compreender ou expressar uma ideia. A fala começa a se tornar mais arrastada e a tendência é que essa manifestação seja cada vez maior na saúde do indivíduo.

O AVC Isquêmico tem como sintomas e sinais também as tonturas, que podem acontecer com frequência e de uma hora para a outra. A alteração no equilíbrio, na própria memória e em outros aspectos da saúde psicológica também são comuns nesse caso.

Além disso, outro sintoma é o formigamento, que ocorre de uma forma bem peculiar: apenas de um dos lados do nosso corpo. Sendo assim, ao notar esse sintoma, vá a uma consulta médica o quanto antes.

Devemos destacar que no caso do AVC Isquêmico muitas vezes esses sinais de doença podem ser caracterizados como transitórios. Porém, não se engane: isso não significa que você não deve realizar uma visita ao médico, mas pelo contrário.

Acidente Vascular Cerebral AVC sintomas

Acidente Vascular Cerebral AVC sintomas

Sintomas do AVC Hemorrágico

Já o AVC hemorrágico é aquele em que ocorre o sangramento cerebral, impulsionado pelo rompimento dos vasos sanguíneos.

Os sintomas nesse caso são um pouco distintos:

No AVC hemorrágico, a saúde cerebral é prejudicada de uma forma mais rápida e extensa. Dessa forma, um dos sintomas que podem surgir é a própria edema cerebral.

Além disso, as dores de cabeça nesse caso são bem frequentes e repentinas; de uma hora para outra elas aparecem e começam a prejudicar a saúde do indivíduo.

Um sintoma também muito frequente em casos de AVC Hemorrágico é o aumento cada vez mais gradativo da pressão intracraniana, que em um determinado momento, pode acabar levando o indivíduo à morte.

Outros déficits neurológicos também são frequentes entre os sinais de um AVC Hemorrágico, e por isso, mais uma vez a saúde mental também acaba saindo prejudicada. Nesse caso, os sintomas são bem similares com os manifestados no AVC Isquêmico, como é o caso da alteração ou perda de memória, dificuldades de equilíbrio, concentração e outros.

Os vômitos e náuseas também são frequentes na saúde de um indivíduo com AVC Hemorrágico.

10 – Primeiros Socorros 10 Derrame Cerebral AVC

Os fatores de risco

Indivíduos que cuidam bem da própria saúde dificilmente apresentarão um AVC – Acidente Vascular Cerebral. Tanto o rompimento quanto o entupimento das artérias ou de vasos sanguíneos só costumam acontecer quando os indivíduos já possuem outros fatores de risco afetando a sua saúde.

Avc prevenção

Avc prevenção

Os fatores de risco do AVC, de uma forma geral, são os mesmos para os ataques cardíacos e outras doenças no cérebro ou no coração.

Entre eles, podemos destacar os níveis altos de colesterol ruim e a hipertensão das artérias, já que essas são as formas pelas quais os vasos sanguíneos acabam sendo prejudicados com maior facilidade.

Além disso, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, o tabagismo ou uso de outras drogas também são prejudicais não só a saúde como um todo, mas também podem ser causas para o surgimento de um AVC.

A diabetes, o excesso de peso (principalmente em casos de obesidade), o estresse manifestado de forma muito expressiva, e histórico da doença na família, também são fatores que contribuem para o aparecimento da doença.

Além disso, indivíduos sedentários têm uma tendência maior a apresentarem tanto o AVC como também outros problemas de saúde.

Para evitar um AVC, não tem erro: o melhor é cuidar bem da sua saúde desde a juventude. Dessa forma, conserve os hábitos saudáveis de alimentação, pratique atividades físicas com frequência e faça exames de sangue anualmente para monitorar os níveis de diabetes, colesterol e hipertensão.

Recomendados Para Você:

4 Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.