website statistics

Saiba mais sobre a Gordura no fígado

Muita gente ainda tem dúvidas a respeito do que provoca o quadro de acumulo de gordura no fígado. Outros tantos não entendem exatamente qual o problema que este quadro pode provocar. Este artigo tem como objetivo explicar quais os problemas causados por essa doença, como evitá-la e os tratamentos mais comuns.

– O que é esteatose hepática

O acumulo de gordura no fígado, também conhecido como esteatose hepática, é um quadro caracterizado pelo excesso de um tipo de gordura, os triglicerídeos, no fígado. Esse órgão já acumula um certo nível de células adiposas naturalmente, porém os excessos vão provocar a acumulação anormal de gordura causando desgaste, o mal funcionamento e até mesmo o colapso do órgão.

– Causas do acumulo de gordura no fígado

Os problemas relacionados com o excesso de gordura no fígado têm origens muito conhecidas, que estão diretamente relacionadas com hábitos alimentares desregulados e pouco saudáveis. Pessoas que costumam passar por longos períodos de jejum, por exemplo, são grandes candidatas ao ganho de peso e consequentemente o acumulo de gordura nos órgãos internos. Isso acontece pela forma como o organismo humano funciona, identificando os longos períodos sem alimento como uma ameaça ao estoque de energia e trabalhando de forma a estocar toda a gordura possível que a pessoa consome. Dietas pobres em proteínas, quadros instalados de diabetes, consumo excessivo de álcool e uso de remédios que contém corticoides são outros fatores que podem levar ao problema de esteatose.Gordura no fígado

– Sintomas

Os quadros de esteatose hepática podem ser facilmente identificados, principalmente se o paciente já estiver dentro do grupo de risco de pessoas obesas, com hábitos alimentares desregulados, dieta rica em gordura, ou que costumam consumir grandes quantidades de álcool. Os sintomas mais comuns são dores na região do fígado, na área abdominal, do lado direito. As dores começam leves, como pequenas pontadas ou incômodos, mas podem evoluir, caso o quadro não seja tratado.

Outros sintomas facilmente identificáveis são o acumulo de líquidos, inchaço, principalmente na região da barriga, cansaço, dores de cabeça, náuseas e vômitos. Além de quadros de ictericia, quando a pele e os olhos adquirem um tom amarelado, esse sintoma é bastante comum na maioria dos casos de envenenamento do fígado, infecções e inflamações no órgão. É sempre muito importante que um médico seja consultado sempre que esses sintomas forem identificados, para que o especialista possa fazer um diagnóstico mais preciso e orientar a respeito de tratamentos.

– Problemas causados pela esteatose hepática

O acumulo de gordura no fígado é um problema que pode acarretar os mais diversos tipos de doenças. O tratamento é bastante necessário para evitar que o quadro evolua para inflamações, problemas com a imunidade e até mesmo a cirrose.

– Tratamentos

O acumulo de gordura no fígado é um quadro relativamente simples de reverter. Geralmente envolve uma reformulação no estilo de vida do paciente. Uma vez que o problema tenha sido diagnosticado, é de extrema importância que uma equipe multidisciplinar seja envolvida no tratamento. Nutricionistas e fisiologistas vão ajudar no momento de reformular a rotina, acrescentando exercícios físicos pelo menos três vezes por semana, uma alimentação saudável, rica em fibras, proteínas e pouca gordura. Consumir bastante água, cortar as bebidas alcoólicas e o cigarro também são opções importantes para a resolução do problema.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.