Dominio: saudenocorpo.com
Chave: 551eaec2ada22cab6158c5b90561a1f4a1415d7a
Hora do cache: 1480808842
Vida do cache: 1482104838
Status: 1
Mensagem: Licença válida
Chave do Pedido: 06edfff39384f069d6b8da8be1ebde6bffc7fa85
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Tratamentos para Micose

As micoses são problemas de saúde causados por fungos que entram em contato com a pele. Os fungos estão sempre presentes no ambiente, mas deficiências de saúde podem deixar o organismo vulnerável para que a micose se instale no corpo da pessoa. A micose tende a se desenvolver na pele, couro cabeludo e unhas. O tratamento para micose vai desde a sua prevenção, para evitar a contaminação, ao tratamento a longo prazo para manter os fungos sob controle.

A micose pode afetar a boca (candidose, ou sapinho), os pés (pede atleta), o couro cabeludo, a região da virilha (coceira de jóquei), as unhas (por instrumentos de manicure não esterilizados), ou partes do corpo que estejam expostas. A transmissão da micose pode ser feita de uma pessoa para outra, pelo toque ou pelo compartilhamento de utensílios contaminados, ou de animais para humanos, especialmente gatos. O tratamento preventivo é a melhor escolha.

O mais cedo que o tratamento para micose começar, mais eficiente será e menos a pessoa vai sofrer com os sintomas. O tratamento é simples, apesar de mais longo que de outras infecções.

Tratamento preventivo

Para o tratamento preventivo, ou seja, o tratamento que evita que a micose apareça, é aquele que inclui grande cuidado com a higiene pessoal e evitar compartilhar produtos pessoais, como pentes e copos. Também deve haver cuidado com as micoses na praia, pois os fungos são comuns na areia, podendo contaminar quem pise ou sente diretamente em contato com ela.

Tratamentos para Micose

Tratamentos para Micose

Entre os cuidados básicos para o tratamento preventivo de micoses, estão: enxugar bem o corpo depois do banho, preferir tecidos com fibras naturais, que não acumulam suor (deixando o corpo úmido e, por isso, aberto às micoses), não pisar descalço na areia, evitar contato com pessoas e animais com micose, levar seus próprios utensílios para a manicure.

Tratamento antifúngico

No caso da pessoa já ter contraído uma micose, o tratamento deve ser orientado por um dermatologista. O tratamento para micose costuma ser demorado, pois fungos são organismos bastante resistentes. O profissional indicará pomadas e medicamentos antifúngicos para o tratamento contra o causador da micose pare de se alimentar da umidade da pele da pessoa. O paciente não deve interromper o tratamento da micose quando os sintomas desaparecerem, pois a micose continua na pele por mais tempo, de forma assintomática.

O fim do tratamento deve ser determinado por um dermatologista, e pode levar meses até que a pessoa esteja totalmente livre do fungo. Por isso, o tratamento da micose por automedicação não é recomendada. Pessoas que fazem uso de automedicação podem utilizar para tratamento pomadas com cortisona, facilmente encontradas em farmácia, que servem como alimentos para os fungos.

Existem, para casos severos de micose, tratamentos a base de fotoquimioterapia que apresenta bons resultados para esses casos. A fotoquimioterapia é um tratamento conduzido unicamente por médicos capacitados para efetuar tal procedimento.

Apesar dos tratamentos serem eficazes, a melhor forma de lidar com as micoses ainda é evitando que elas apareçam, através de cuidados básicos com saúde e higiene. O tratamento de uma micose uma vez não garante que o paciente não venha a ter outros tipos de micose, sendo a prevenção sempre o melhor caminho.

Recomendados Para Você:

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.